Cinema #17 - A Hospedeira!





Diretor: Andrew Niccol
Produção: Stephenie Meyer, Paula Mae Schwartz, Steve Schwartz
Roteiro: Andrew Niccol
Fotografia: Roberto Shcaefer 
Duração: 125 min. 
Ano: 2013 
País: EUA 
Cor: Colorido 
Distribuidora: Imagem Filmes 
Estúdio: Chockstone Pictures / Inferno Entertainment 
Classificação: 12 anos 
Melanie (Saoirse Ronan) e Jared (Max Irons) foram feitos um para o outro, e esta seria mais uma simples história de amor se não fosse um detalhe: estamos no futuro e a humanidade está quase extinta. A Terra foi invadida por um parasita alienígena, que controla mente e corpo. Melanie e Jared fazem parte dos poucos humanos que ainda lutam para sobreviver, até que Melanie é capturada por Peregrina (Diane Kruger), que usa de suas lembranças para localizar o esconderijo dos humanos. Melanie não vê outra saída se não ocupar a sua mente com visões do homem que ama, desviando a atenção da Peregrina que, incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, começa a se sentir intensamente atraída por Jared.


********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
********************************************************************
★★★★★


Bem, posso dizer que o filme tem sido polemico, e a crítica tem caído em cima, buscando cantinhos para reclamar. Eu, sinceramente? AMEI! Muito perfeito. Me senti vendo as páginas do livro ganhando vida, uma após a outra. Eu já havia adorado o livro, e é um da lista dos meus favoritos (e olhe que não tem muitos), mas realmente superou as expectativas. Lógico que algumas mudanças iam ocorrer no enredo original, mas acreditem, quase não modificaram nada. Ficou inteiramente digno, e discordo totalmente de quem disser o contrário. Eu vi, li e julguei desta forma, o filme realmente foi promissor e espero que se houver uma sequencia, que tenham tanto capricho no próximo quanto tiveram neste.

A história seguiu o percurso certo. Sem muitos cortes é claro, o que facilita demais você, que já leu, identificar diversos detalhes. Posso dizer o que sobre os detalhes que foram tirados do livro? Bem, no começo, temos umas pequenas modificações, o que era de se esperar. Não vemos a Conselheira que ajuda Peg durante seus primeiros dias se adaptando ao corpo novo, ou até as cenas que se passam no livro dela trabalhando na Universidade como palestrante. Não, isto foi tirado (o que me chateou, porque fiquei imaginando como seria legal as cenas na Universidade). Temos uns flashblack contando a história de Melanie e Jared e os sufocantes sonhos ardentes que Peg começa a ter com esse romance dos dois. Os efeitos visuais são muito legais, apesar da cena de ação, na troca de tiros parecer bastante fajuta, com aqueles tiros que me lembram brilhinhos de purpurina. Mas não se deixe enganar por este pequeno detalhe. A história se mantem fiel ao livro em grande parte do enredo.

Gostei bastante deles terem dados uma atenção especial aos Buscadores, principalmente a Buscadora central. A história se expande na adaptação, e em vez de ficarmos presos apenas na visão de Mel, podemos ter uma nova vista do enredo, observando pelo lado dos Buscadores também, e todo o seu planejamento durante a perseguição.





Admito que o livro e o filme deixaram alguns pontos a desejar, e a história parece não muito coerente em alguns pontos, mas pelo amor de Deus, eu vi críticas que citavam Crepúsculo! Posso dar uma sugestão, o pessoal ta muito preso a ideia de que Stephenie Meyer se deriva apenas a Twilight. Perai gente! Vamos enxergar a história com olhos diferentes!

Posso sobressaltar como característica principal do filme é o romantismo.Era de se esperar que fosse um amor impossível, claro, geralmente são. Mas A Hospedeira me transmitiu um lado mais natural desse amor, bem mais verdadeiro que qualquer dessas outras ficções onde o "destino e coisa e tal" são sempre as primeiras citações a se alavancar. Não aqui! Não neste filme! A hospedeira Peg encontra dificuldades para separar seus sentimentos dos sentimentos de Melanie, e isto gera o triangulo amoroso avassalador



Se você estava buscando uma boa adaptação, com realces para um livro que realmente te cativou, ótimo, vá assistir, mas se estiver indo, em busca de encontrar modelos diferente, ou associáveis a Twilight, por favor, economize seu dinheiro e seu tempo.

PS: Ainda acho que esses atores deveriam ser repensados. Eles não tem muitas características dos personagens mesmo. Tirando o Tio Jeb e o Jaime. Esses sim são muito bem parecidos.



 

Coluna: Anime da Semana!



Conhecido como Rock Lee SD, o anime Naruto SD, traz a história de Rock Lee, a besta verde de Konoha, vivendo aventuras eletrizantes, cheias de muita comédia e trocadilhos. Este seria o típico anime que você escolheria para assistir numa tarde, dando altas gargalhadas enquanto come uma boa pipoca. Você não só ri com ele, mas também se vicia. Os personagens são tão engraçados que é difícil ligar este anime ao original, principalmente porque aqui não centramos mais Naruto em si, mas Lee e seu time, Neji, Tenten e Gai. E acreditem, com esses quatro no comando, a coisa fica pra lá de maluca. 

Coluna: Anime da Semana



O eleito da vez é o anime Gintama, apesar de não ser tão popular no Brasil como Naruto ou OnePiece, este está em um nível tão elevado quanto tais, e não digo isso ao acaso, este anime já esta em sua quarta temporada e sem previsão de encerramento, cá entre nós, são poucos os que conseguem se manter por tanto tempo em exibição.

O anime conta a história de Sakata Gintoki, um ex-samurai preguiçoso, falido e otaku que junto com sua equipe fazem qualquer coisa por dinheiro. No primeiro episódio nos deparamos com os personagens já em uma missão, que consistia em recuperar um gato desaparecido, porém como não poderia deixar de ser, houveram algumas complicações e nossos protagonistas acabam sendo perseguidos por todo um dojo de samurais.





Cinema #16 - Fairy Tail e a Sacerdotisa da Fênix!



O personagem é uma enigmática, menina, linda jovem chamada "Eclair", que possui uma misteriosa pedra conhecida como a "Phoenix Stone"(Pedra da Fênix). A pedra é uma chave para os mistérios dentro da história, e Eclair e os membros originais da Fairy Tail são arrastados para uma trama densa e complexa.







Resenha #13 - Apaixonados: Histórias de Amor de Fallen!



A história de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em Apaixonados, Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série - Fallen, Tormenta e Paixão. Situado em um momento entre os acontecimentos de Paixão e de Rapture - último volume da série -, Apaixonados é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.



Resenha #12 - O Guia do Mochileiro das Galáxias!



O "Guia do Mochileiro das Galáxias" começou sua história como uma série de rádio no fim dos anos 1970, e o sucesso foi tanto que surgiram cinco livros, uma série de TV, um filme, vídeo games, quadrinhos e peças de teatro. Desde que foi lançada pela Sextante, a série já vendeu 60 mil exemplares. Em comemoração aos 30 anos de sua primeira edição, estamos relançando esta cultuada série com novas capas. Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. 
Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do "Guia do Mochileiro das Galáxias", o melhor guia de viagens interplanetário. 
Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais.
Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

Coluna: Anime da Semana!




Posso resumir esse anime em muito fofo, e extremamente romântico Se você gosta desse misto que traz romance e ação, então este é o anime perfeito para você. Não só por ter momentos altamente engraçados, mas porque ele fala de um assunto bem polêmico, que é o vicio dos jovens em video-games. O modo, como essas virtuais estão cada vez mais presente na nossa realidade. Kirito, um jovem jogador, não era o cara mais adequado para dizer que tinha uma vida social. Sua vida e amigos se resumiam a sua família. Foi na vivência cibernectica que ele encontrou seus sentimentos, e é quando vai descobrir os prazeres da vivencia na realidade.

Cinema #15 - Oz: Mágico e Poderoso!



Diretor: Sam Raimi
Produção: Joe Roth
Roteiro: Mitchell Kapner, David Lindsay-Abaire, baseado na obra de L. Frank Baum
Fotografia: Peter Deming
Trilha Sonora: Danny Elfman
Duração: 128 min.
Ano: 2013
País: EUA
Gênero: Fantasia
Cor: Colorido
Distribuidora: Disney
Estúdio: Roth Films
Classificação: Livre
As origens do personagem de L. Frank Baum, o Mágico de Oz. Quando Oscar Diggs (James Franco), um inexpressivo mágico de circo de ética duvidosa é afastado da poeirenta Kansas e acaba na vibrante Terra de Oz, ele acha que tirou a sorte grande, até encontrar três feiticeiras, Theodora (Mila Kunis), Evanora (Rachel Weisz) e Glinda (Michelle Williams), que não estão convencidas de que ele é o grande mágico que todos estão esperando. Relutantemente envolvido nos problemas épicos que a Terra de Oz e seus habitantes enfrentam, Oscar precisa descobrir quem é bom e quem é mau antes que seja tarde demais. Lançando mão de suas artes mágicas por meio da ilusão, ingenuidade e até de um pouco de magia, Oscar transforma-se não apenas no grande e poderoso Mágico de Oz, mas também em um homem melhor.

Coluna: Anime da Semana




Bem, pra quem não é acostumado a ver estas enormes sagas de que todo mundo comenta, aqui vai uma ótima sugestão, o anime binbougami ga! Conta a história da rica e linda estudante Sakura Ichiko, que foi abençoada com uma sorte tão grande que desequilibra a ordem, por drenar a sorte das outras pessoas, para restaurar o equilíbrio surge a Deusa do Azar Binbada Momiji, que tem a difícil tarefa de drenar parte da sorte da Sakura e transformá-la em uma garota normal.

Cinema #14 - As Aventuras de Pi!



Diretor: Ang Lee
Produção: Ang Lee, Gil Netter, David Womark 
Roteiro: David Magee, baseado na novela Yann Martel
Fotografia: Claudio Miranda 
Trilha Sonora: Mychael Danna 
Duração: 129 min. 
Ano: 2012 
País: EUA 
Gênero: Drama 
Cor: Colorido 
Distribuidora: Fox Film 
Estúdio: Fox 2000 Pictures / Rhythm and Hues 
Classificação: Livre
Uma família de um dono de um zoológico localizado em Pondicherry, na Índia, decide se mudar para o Canadá, viajando a bordo de um imenso cargueiro. O navio naufraga e Pi consegue sobreviver em um barco salva-vidas. Perdido em meio ao oceano Pacífico, ele precisa dividir o pouco espaço disponível com um tigre-de-bengala chamado Richard Parker. Que acaba por realizar o resto da sua viagem.

Resenha #11 - As Vantagens de Ser Invisível!

Título: As Vantagens de Ser Invisível
ISBN: 9788532522337
Páginas: 224
Editora: Rocco
Ano: 2007/2012 (reimpressão) 
Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

Resenha #10 - A Hora Mais Sombria (A Mediadora Vol 4)!



A mediadora Suzannah está de volta em mais uma aventura com os fantasmas que a perseguem.
Em "A Hora Mais Sombria", ela recebe uma visita um tanto quanto inusitada: o espírito de Maria de Silva, ninguém menos do que a noiva de Jesse, o fantasma bonitão pelo qual Suze é apaixonada e que, vira e mexe, ronda o quarto dela. 
Maria ameaça Suze dizendo que a construção no quintal da casa da garota deve ser interrompida. Há algo ou alguém enterrado lá. Mas quem Maria não quer que seja encontrado? Será que Suzanna deve parar suas investigações sobre a morte de seu amado? 
Em uma divertida leitura, a mediadora precisa resolver seus problemas com a rival e ainda lidar com as situações típicas de uma adolescente. Ainda mais uma que acaba de se mudar para a Califórnia e, como se não bastasse, fala com os mortos.

Resenha #9 - A Morte e Vida de Charlie St. Cloud!



A Morte e Vida de Charlie St. Cloud
Autor: Sherwood, Ben
Título: Morte e Vida de Charlie St. Cloud
Subtítulo: Um coração dividido entre dois mundos
Área Principal: Literatura
Assunto Principal: Ficção
Assunto: Romance
Páginas: 304
Formato: 16×23 cm
Ano: 2010
Edição: 1
Selo: Novo Conceito
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-63219-18-3
Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É nesse mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a, assim, para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás - e à descoberta de que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nosso coração.

Resenha #8 - A Era dos Dragões: O Reino de Ágora!




Em uma época dominada por um feiticeiro e terríveis dragões alados, surge uma esperança de libertação. Um jovem de apenas doze anos pode ser o grande libertador há muito aguardado e predito em profecias do passado. Jafé tornas-e o grande guerreiro e se une a um ex-soldado eo palácio do rei e a Luane, a pantera encantada. Juntos els vão para uma grande aventura em busca da pedra mágica, o ônix negro, que é capaz de vencer os poderes maléficos do terrível feiticeiro Ágora.









Cinema #13 - Dezesseis Luas!



Diretor: Richard LaGravenese
Produção: Broderick Johnson, Andrew A. Kosove, Molly Smith, Erwin Stoff
Roteiro: Richard LaGravenese
Fotografia: Philippe Rousselot
Trilha Sonora: Thenewno2
Duração: 122 min.
Ano: 2013
País: EUA
Gênero: Drama
Cor: Colorido
Distribuidora: Paris Filmes
Estúdio: Alcon Entertainment / Warner Bros.
Classificação: 12 ano
Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um estudante do colegial que mora em Gatlin, um pequeno vilarejo na Carolina do Sul. Ele vive isolado dos outros jovens em uma sociedade intolerante, perturbado pelos sonhos com uma garota misteriosa. Um dia, uma nova adolescente chega ao local: Lena Duchannes (Alice Englert), que também tem problemas de adaptação. Logo, os habitantes de Gatlin descobrem que ela possui poderes sobrenaturais. Ethan e Lena se apaixonam e agora devem lutar contra uma maldição se quiserem ficar juntos.

Resenha #7 - Destinada (The House Of Night Vol 9)!



Há novas forças trabalhando na Morada da Noite. Algumas delas ameaçam sua estabilidade. Zoey está finalmente em casa, segura, ao lado do guerreiro Stark, se preparando para enfrentar Neferet. Kalona lançou seu poder sobre Rephain. E, após terem sido presenteados por Nyx com uma parte humana, Rephaim e Stevie Rae estão finalmente juntos - isso se ele puder andar no caminho da Deusa e ficar livre da sombra de seu pai. Há também o belo e misterioso Aurox, um adolescente que é mais ou menos humano. Apenas Neferet sabe que ele foi criado para ser sua maior arma. Mas Zoey pode sentir a parte de sua alma que ainda é humana. Há algo estranhamente familiar nele.