Resenha #9 - A Morte e Vida de Charlie St. Cloud!



A Morte e Vida de Charlie St. Cloud
Autor: Sherwood, Ben
Título: Morte e Vida de Charlie St. Cloud
Subtítulo: Um coração dividido entre dois mundos
Área Principal: Literatura
Assunto Principal: Ficção
Assunto: Romance
Páginas: 304
Formato: 16×23 cm
Ano: 2010
Edição: 1
Selo: Novo Conceito
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-63219-18-3
Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É nesse mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a, assim, para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás - e à descoberta de que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nosso coração.

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************
★★★★


O livro é fascinante e a visão do autor sobre a vida depois da morte é tocante. O que mais me chama atenção é o amor entre os irmãos e a promessa de sempre permanecerem juntos.

"Mergulhe em busca dos seus sonhos e viva pelo amor mesmo que as estrelas se movam para trás."

Charlie St. Cloud te faz acreditar e é isso que torna esse livro especial. O que me fez ler o livro foi a ligação entre os irmãos e o sacrifício de Charlie pelo seu irmão mais novo, Sam. Mesmo depois da morte de Sam, Chalie não o abandona e é ai que toda a magia do livro acontece.

Recomendo que assistam a adaptação para o filme e assumo (pela primeira vez na vida) que o filme me emocionou mais que o livro, porém depois de assistir ao filme e ler o livro você me compreenderá.

Alguns irão amar e alguns irão detestar mas ninguém pode negar que o livro realmente consegue tocar nossos corações.


Autoria: Anne Fernandes

Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se