Cinema #20 - O Homem de Ferro 3!



Diretor: Shane Black
Produção: Kevin Feige
Roteiro: Shane Black, Drew Pearce
Fotografia: John Toll
Trilha Sonora: Brian Tyler
Duração: 130 min.
Ano: 2013
País: EUA,China
Gênero: Ação
Cor: Colorido
Distribuidora: Disney
Estúdio: DMG Entertainment / Marvel Studios / Paramount Pictures
Classificação: 12 anos
Quando o industrial arrogante, porém brilhante, Tony Stark/ Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) vê seu mundo pessoal destruído pelas mãos de seu inimigo, ele embarca em uma angustiante jornada para encontrar os responsáveis. Uma jornada que a cada reviravolta seus brios serão testados. Pressionado, Stark terá de sobreviver lançando mão dos próprios dispositivos, contando apenas com sua engenhosidade e instintos para proteger aqueles que lhe são mais próximos. Em sua luta, Stark descobre a resposta para a pergunta que o atormenta em segredo: o homem faz o traje ou é o traje que faz o homem?


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************
★★★★★



 

Eu acho que fazer uma resenha de um filme tão grande como Homem De Ferro 3 é uma responsabilidade do mesmo porte. Parecida com a que o próprio filme enfrentava, após o enorme sucesso que foi “Os Vingadores”. Pode-se dizer que o dever foi cumprido. 

A história do filme se passa logo após os vingadores, e a ligação com o segundo filme, de 2010 não é tão importante (se resume mais ao Patriota de Ferro, personagem de Don Cheadle) o que na minha opinião é um ponto muito positivo, já que Homem De Ferro 2 foi uma completa decepção, do contrário desse, que não é difícil de entender e divide bem as aparições dos personagens.Inclusive, uma das coisas mais legais nesse filme foi o fato de que até os personagens terciários tiveram vez! Não vou dar muitos detalhes, porque algumas coisas são melhores vendo (e esse é meu maior medo quando faço resenhas.), mas posso dizer que me passou aquela mensagem de que nem os grandes heróis fazem tudo sozinhos, e fazendo seu melhor, qualquer um pode ser grande, porque todo mundo tem potencial, e ele pode ser usado de ambos lados. Não tem essa de alguns são importantes e outros.



Quanto a isso, é bom destacar a participação de Gwyneth Paltrow, reprisando o papel de Pepper Potts. Além da química incrível com o personagem de Robert Downey Jr, a personagem marcou presença até nas cenas de ação, o que já era uma promessa de acordo com o trailer e as coletivas de imprensa.



Do ponto de vista técnico, os efeitos sonoros iam parar literalmente no fundo do coração, eu nunca presto muita atenção nisso, mas nesse caso foi impossível não reparar. As músicas de abertura e dos créditos também são muito legais.Em suma, houveram algumas surpresas que tornam compreensível a decepção de algumas pessoas, mas não dá pra negar que o filme equilibrar a ação eletrizante de super heróis com o psicológico do personagem, sem ser confuso como o segundo, e seguindo a linha que partiu dos Vingadores.


Autor: Juli Azevedo 

2 comentários

  1. Mandou bem Juli, fiquei até com vontade de ver o filme.

    ResponderExcluir
  2. Mandou bem Juli, fiquei até com vontade de ver o filme.

    ResponderExcluir

Expresse-se