Resenha #29 - Êxtase (Fallen Vol 4)!



No quarto e último aguardado livro da série Fallen, Luce e Daniel estão juntos e parece que nada mais vai separá-los. O problema é que o destino amaldiçoado de uma mortal e de um anjo caído promete surpresas. O céu está escuro com asas… Como a areia numa ampulheta, o tempo está se esgotando para Luce e Daniel. Para parar Lúcifer de apagar o passado eles devem encontrar o luga onde os anjos caíram na terra. Forças sombrias estão atrás deles, e Daniel não sabe se consegue fazer isso—viver só para perder Luce uma vez e mais outra. No entanto, juntos, eles enfrentarão uma batalha épica que deixará corpos sem vida… e poeira de anjos. Grandes sacrifícios são feitos. Corações são destruídos. E de repente, Luce sabe o que deve acontecer.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
★★☆☆☆



Êxtase foi um livro ao qual depositei minhas esperanças. Depois da triste decepção com o 3º volume (Paixão), acabei me decepcionando muito mais com este. Com uma leitura cansativa, longa e altamente detalhista (detalhes que em minha opinião não eram necessários), Lauren Kate acabou de arruinar minhas esperanças para um desfecho legal e uma história marcante.

Luce está mais próxima do que nunca de descobrir como acabar com a maldição que lhe impede de ser feliz ao lado de seu Daniel. Mas antes que este sonho se realize, ela terá que enfrentar mais um grande desafio. Após visitar suas vidas passadas e experimentar seu amor por Daniel de diferentes perspectivas, Luce descobriu que seu sentimento não só ultrapassa os milênios, como também mantém a guerra entre o Céu e o Inferno. Com o mundo iminente a um desastre de proporções assustadoras, Luce e os anjos terão que enfrentar Lúcifer e impedir que seus planos se realizem. Em uma corrida contra o tempo, Daniel está prestes a fazer a escolha mais difícil e Luce a conhecer suas origens... As raízes mesmo!

Uma leitura exaustiva foi o percurso desse livro. Lauren Kate, em minha opinião, não soube desenvolver um enredo tão bom quanto o que tinha nas mãos. A escrita dela é ótima, mas sua organização no que falar foi muito mal elaborada. Ficaram muitas brechas no enredo devido ao grande número de questões que a autora levantou, como por exemplo: onde estava a explicação dos sentimentos de Cam por Luce? Eles já haviam se envolvido antes? Ou como foi o primeiro encontro de Luce e Daniel (A parte falada não foi bem descrita. Ta ai, uma ótima hora para ela explorar, e ela não explorou)? Ou porque Cam não gostava de Tróia?

São esses tipos de furos que levam a desestimular o leitor. Os capítulos tornam-se muito longos. Os iniciais eram uma grande revisão (embromação) dos volumes anteriores, relembrando detalhes que pessoalmente achei desnecessários. Eram revelações e assuntos que já conhecia e lembrava. A autora perdeu-se em tantas descrições desnecessárias, que ficou sem espaço e sem tempo para desenvolver o enredo central. 

Não possui ação, porque os momentos eletrizantes (os “pontos altos da história”) são sempre interrompidos por longas descrições que levam folhas e mais folhas.

O amor é a única coisa pela qual vale a pena lutar.” (Êxtase – Lauren Kate, pag: 301)

O clichê sobre o amor está mais forte ainda. Chega a certo ponto que o romance fica tão meloso e grudento, que você começa a meio que sentir um enjôo, de tão esquisito que fica. Luce fica mais dependente de Daniel quanto Bella ficou do Edward (e eu achando que nada poderia superar esse amor compulsivo dos dois).
Depois de ler o 2º volume (Tormenta) eu me animei com a série, mas os dois volumes seguintes foram, para mim, insuportáveis. Se você não está procurando esse tipo romântico que causa náuseas (com uma rasgação de seda ao extremo), então aconselho que não leia!

Ela fechou os olhos.– Amo você demais para dizer adeus.– Isso não é um adeus. – Ele lhe deu um último beijo angelical e abraçou-a. com tanta força que ela pode ouvir as batidas constantes do coração dele, sobrepondo-se às do dela. – É até breve. Até nos encontramos novamente.” (Êxtase – Lauren Kate, pág: 330)

Decepcionei-me muito. Com um enredo tão bom, esperava mais. Acredito que a autora precisa evoluir sua escrita não no termo gramatical, mas organização. Detalhar menos em certos pontos, sabendo selecionar o conteúdo que colocar e qual descartar. Ficou tanta informação, que os momentos românticos me lembravam uma novela nacional (nada contra claro, só não curto novela no geral).



Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se