Coluna: Anime da Semana!



Bem, nada melhor que começar a entender este anime pelo titulo para compreendermos melhor o enredo, o nome Bakemonogatari nada mais é que um jogo de palavras que une os termos em japonês “bakemono” que faz referência a criaturas sobrenaturais e “monogatari” que significa histórias.


Basicamente é isso, um anime que conta histórias sobre criaturas sobrenaturais, mais especificamente a história de como o personagem Koyomi Araragi se envolve com essas criaturas, ao contrário do que você pode imaginar não me refiro a monstros propriamente ditos, e sim garotas (aliás, o anime só conta com dois personagens masculinos) que estão amaldiçoadas, ou ligadas a certas entidades devido a desejos descuidados, criaturas como deuses menores ou demônios.

Sempre tentando ajudar as garotas Araragi recorre ao seu bem feitor e especialista nesses casos, Oshino, que aparenta ser uma espécie de exorcista para essas manifestações que no anime são denominadas de esquisitices, sendo que o próprio Araragi é uma esquisitice, na verdade os resquícios de um vampiro que está sempre disposto ajudar qualquer um que precise de sua ajuda.

Torna-se bastante difícil definir um tema para este anime, já que além de comédia e um pouco de ação, temos também a presença marcante de romance entre o personagem principal e a primeira garota que ele ajuda durante o enredo Senjougahara, a garota que foi afetada pelo caranguejo, personificação do deus pedra. Ela em particular faz o estilo tsundere (personagem que alterna ente personalidade agressiva e amável) e esta quase sempre armada com artigos de papelaria (entre eles vários estiletes, tesouras e grampeadores). Aliás, nunca vi alguém usar material escolar de maneira tão magnifica.

Aos interessados garanto que este anime de apenas quinze episódios não vai lhes desapontar em quesito comédia ou romance, porém não se deve esperar muito sobre a questão ação. Por outro lado o tradicional banho de sangue em algumas lutas não irá faltar.

Para completar, a 2º temporada do Anime já está sendo produzida.

Confira algumas imagens:





















Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se