Coluna: Anime da Semana!





Assim como outros animes já comentados aqui, Beelzebub faz parte do gênero comédia apesar de ter um título que sugere algo diferente, ele foi publicado por uma famosa revista em quadrinhos japonesa, a Shounen Jump, responsável por animes como Naruto, Gintama e One Piece.

O anime começa com o protagonista Tatsumi Oga contando a seu amigo Furuichi o porquê de estar com um bebê de cabelos verdes, completamente nu pendurado em seu ombro. Conta ele que um belo dia quando estava “lavando roupa” (na verdade estava batendo em alguns caras), um homem muito alto e estranho, apareceu boiando em um rio, e após Oga tê-lo ajudado a chegar à margem, o grandalhão teria se aberto ao meio revelando dentro de si um estranho bebê, que seria o filho do rei do mundo dos demônios. Logo o bebe se apega a Oga por causa de sua personalidade violenta, fazendo com que o jovem seja obrigado a criá-lo junto de sua babá Hilda, uma loira que se veste de forma semelhante a uma Lolita e que também é um demônio.



Com o aparecimento da babá, ficamos sabendo que o nome do bebê é Kaiser D. Emperana Beelzebub IV, ou simplesmente Beelzebub, e que quando ele chora é capaz de gerar grandes cargas elétricas, podendo ser acalmado com cenas violentas de briga ou com sons altos tipo heavy metal. Ao longo do anime percebemos que o bebê realmente fica muito animado quando seu “pai” dá uma bela surra em outros alunos da escola. A única forma que Oga tem para se livrar de todos esses personagens bizarros que apareceram em sua vida, segundo Hilda, seria encontrar alguém mais forte e mal que ele próprio, já que Beel, só se interessa por humanos fortes.

Assim, Oga parte em busca dessa pessoa na escola em que freqüenta, a Ishiyama High, a pior escola do Japão com 120% de delinquentes, entre eles quatro chefões que formam a Tohoushinki TKKH, onde cada letra da sigla se refere a inicial de um de seus membros. São membros: Himekawa (filho do dono de uma grande companhia, que prefere pagar para que outros façam o serviço sujo por ele); Hajime Kanzaki (seus golpes de maior efeito são seus chutes e este é viciado em iogurte); Aoi Kunieda (a líder das Red Tails, protetora das garotas de Ichiyama e que é apaixonada por Oga); e Toujou (aparentemente o mais forte dos quatro e pouco aparece na escola por estar sempre trabalhando e em busca de novos desafios).


Ao derrotar o primeiro membro da Tohoushinki, Himekawa, Oga desenvolve em sua mão esquerda o selo Zebub, marca de um contrato oficial com o bebê Beelzebub e brasão de sua família. O símbolo vai crescendo conforme o protagonista briga com outros personagens e diminuindo caso ele consiga ficar sem agredir ninguém. Claro, que o enredo não se resumi apenas a isto, o que temos aqui é apenas um resumo dos primeiros episódios. Para saber o que vem depois assistam a saga :D. O anime conta com sessenta episódios, sendo seu primeiro episódio um OVA, e tendo cinco temporadas este anime é uma boa ideia pra quem quer dar boas gargalhadas ou induzir um infarto. 

Confira algumas imagens:











3 comentários

  1. Anime definitivamente não é mais para mim rsrs. Só quando criança com Pokémon, Digimon, e os outros "mon's" da vida rsrs

    Bjs,
    Myris
    http://www.nacabeceiradacama.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muita Arte por aqui..dorei..parabéns !!!abraços meus

    ResponderExcluir
  3. Muita Arte por aqui..dorei..parabéns !!!abraços meus

    ResponderExcluir

Expresse-se