Cinema #49 - Agora e Para Sempre!



Gênero: Drama
Direção: Ol Parker
Roteiro: Ol Parker
Elenco: Dakota Fanning, Edgar Canham, Jeremy Irvine, Joe Cole, Josef Altin, Julia Ford, Julian Wadham, Kaya Scodelario, Olivia Williams, Paddy Considine, Rakie Ayola, Tom Kane
Produção: Graham Broadbent, Peter Czernin
Fotografia: Erik Wilson
Montador: Peter Lambert
Tessa, é uma adolescente de 17 anos apaixonada pela vida. Diagnosticada com uma doença terminal, ela decide fazer bom uso de cada momento fazendo uma lista de coisas que uma adolescente normal iria experimentar. Com a ajuda de uma amiga, ela começa a pôr em prática os itens da lista e, enquanto seus pais e seu irmão lidam com o medo de perdê-la de suas próprias maneiras, Tessa passa a explorar um mundo novo e viver cada dia o mais intensamente possível.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
★★★★★


Tessa é uma adolescente de 17 anos apaixonada pela vida. Diagnosticada com uma doença terminal, ela decide fazer bom uso de cada momento fazendo uma lista de coisas que todas as adolescentes iriam experimentar. Tessa passa a explorar um mundo novo e vive cada dia o mais intensamente possível.  

Esse filme veio ao meu encontro em um dia monótono no trabalho quando eu estava procurando alguma coisa para assistir enquanto não aparecia alguém para atender.


Foi assim que conheci Tessa, uma adolescente com câncer que resolve abandonar o tratamento e começa a viver todas as loucuras possíveis ao lado de sua melhor amiga, fazendo uma lista para não esquecer nada. Nessa mesma lista consta: sair de uma loja sem pagar (essa termina sendo bem engraçada), pular de pára-quedas, fazer uma tatuagem, ser conhecida pelo mundo, entre outras coisinhas. Mas no fim tudo isso perde sentindo quando ela conhece seu vizinho Adam e começa a viver uma linda paixão, elaborando assim uma nova lista com novos desejos.

Pessoalmente achei uma historia emocionante (pois cheguei a chorar). Esse filme tem uma pequena aparência com Um amor para Recorda, (pequena mesmo), pois a lista que as duas fazem tem umas coisas parecidas (como a tatuagem) e também o tipo de câncer, mas a mensagem passada é bem diferente.

 Fiquei impressionado como os sentimentos de Adam por Tessa. Outro ponto que foi muito chamativo para mim foi o medo que ele tem de ficar com ela e de fazê-la sofrer, ao mesmo tempo em que também tem medo de perdê-la e ficar sozinho depois. Por ser jovem, o pai Tessa teme que Adam não vá aguentar ficar ao lado dela nas horas mais difíceis, mas ele nos surpreende, pois, fica sempre ao lado dela em todas as horas.

Quero que você esteja comigo na escuridão. Para me segurar. Para continuar me amando. Para me ajudar, quando eu me assustar. Para ir até a beirada e ver o que tem lá.”

 

Ela queria apenas um motivo para viver e o encontra em Adam e vive cada momento como se fosse o ultimo ao seu lado.

“Momentos. A nossa vida é uma série de momentos. Cada um, uma viajem para o fim. Deixe-os partir. Deixe todos partirem. Todos se reunindo em direção a este...”

O filme ganha suas cinco estrelas, sem que eu tenha muito que falar. Assistam e vocês vão ver.


 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se