Especial Semana da Criança: Anime da Semana!



Ao contrário do que alguns podem pensar, Dr. Slump foi a série de mangás que inicialmente trouxe fama a Akira Toriyama, o autor da saga mais querida da nossa infância, Dragon Ball. Divulgado através da Shonen Jump, Sr. Slump teve dezoito volumes lançados de 1980 a 1984. Um pouco mais tarde, a Toei Animation o transformou em um anime de 243 episódios (denominado de Dr. Slump&Arale-chan) que foram exibidos pela Fuji TV e que teve direito a um remake composto por 74 episódios que foram ao ar de 1997 a 1999 sob o nome de The New Dr. Slump.


A trama se passa em um pequeno lugar chamado Vila Pinguim, um lugar pacato onde os seres humanos vivem com animais e todos os tipos de criaturas. O enredo conta a história de Sembe Norimaki, apelidado de doutor Slump, que é um inventor muito atrapalhado e de feições engraçadas, que constrói o que ele pensa ser a primeira robô androide do mundo, uma garotinha de cabelo lilás a quem ele chama de Arale Norimaki Sembe, porém, por ser muito desastrado a jovem androide acaba sendo míope e tendo que usar óculos.

Apesar de ser fascinada pela velocidade, Arale ainda é muito ingênua e desconhece a própria força, por vezes vemos a garotinha causando confusões e destruindo acidentalmente carros de polícia e é em cima disso que se baseia todo o anime, as inusitadas situações ocasionadas pela jovem na Vila Pinguim, e o esforço do Dr. Sembe em tentar fazer Arale se passar por uma garota normal.

Como não poderia deixar de ser, os gráficos do anime lembram muitíssimo os de Dragon Ball, porém, ao contrário do que acontece na saga de Goku, a trama não se passa em uma era futurística. Uma curiosidade que eu tenho a mencionar para vocês, e como me questionaram há pouco tempo, a Arale, assim como também o Dr. Slump, aparecem em alguns episódios de Dragon Ball. Mas não é nada para se espantar, aliás, muitos mangakás utilizam personagens de animes diferentes nas cenas criadas, só que geralmente estes passam despercebidos por serem apenas personagens secundários.

Dr. Slump possui ainda, muitos trocadilhos e piadas relacionadas à cultura japonesa e américa. Um exemplo marcante disse seria a parodia feita com o personagem Superman, que no anime (e no mangá), ganha uma versão gorducha e baixinha denominada Suppaman, que devido a sua estrutura física avantajada não é capaz de voar direito. Outro exemplo que eu considero bem marcante também são os policiais do anime, que em muito lembram os policiais americanos do filme Loucademia de Polícia. Como estamos na semana das crianças aqui no blog, esta é uma das minhas pequenas contribuições, apesar de ser um anime bastante extenso em questão de episódios, Dr. Slump é o melhor indicado para aqueles que neste mês de Outubro querem relembrar a infância, dando boas risadas com um humor bobo e inocente. Ou para os pequeninos, que querem se arriscar em um novo e mágico desenho animado.

Confira algumas imagens:












Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se