Especial Semana do Terror: Cinema - Invocação do Mal!



Gênero: Terror
Direção: James Wan
Roteiro: Carey Hayes, Chad Hayes
Elenco: Amy Tipton, Arnell Powell, Ashley White, Cabrenna H. Burks, Christopher Cozort, Christy Johnson, Courtney Lakin, Darrell Rackley, Desi Domo, Grace Layden, Hayley McFarland, Jamie Broadnax, Joe Montanti, Joey King, John Brotherton, Justin A. Thuesen, Karen Malina, Kyla Deaver, Lili Taylor, Mackenzie Foy, Marion Guyot, Matthew Pabo, Melllie Boozer, Meredith Jackson, Millie Wannamaker, Morganna Bridgers, Nate Seman, Patrick Wilson, Paul Shaplin, Ron Livingston, Rose Bachtel, Sarah Maykish, Shanley Caswell, Shannon Kook, Shawn
Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) são investigadores paranormais de renome mundial, que foram chamados para ajudar uma família aterrorizada da cidadezinha de Harrisville, Estados Unidos. Os novos moradores sofrem com sustos e misteriosas manchas no corpo, sinais de uma presença maligna em sua nova casa - uma fazenda isolada. Aos poucos, os investigadores descobrem que algo maligno e muito poderoso reside ali. Eles então precisam confrontar o problema, mas a entidade só quer uma coisa: continuar sua trajetória de maldades.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
★★★★★


Um casal muda para uma casa nova ao lado de suas cinco filhas. Inexplicavelmente, estranhos acontecimentos começam a assustar as crianças, o pai e principalmente a mãe.

Esse foi um dos melhores filme de terror que eu já vi. Ele é bom do começo ao fim.

Tudo começa quando as meninas sem querer acabam encontrando uma parte da casa que esta escondida atrás de taboas em um dos armários, a parti daí a mãe acorda com manchas rochas na pele sem nenhuma explicação, e depois sua filha mais nova começa a falar com um amigo imaginário que mora na casa chamado Roding (não sei se assim que escreve).

Esse filme além de ser bem assustador, é baseado em uma historia real, ai me pego a imaginar: será que essas coisas existem mesmo ou essas pessoas estão apenas inventando. Particularmente, imagino que tudo isto é real. Ora, logicamente que existe o bem, então porque não existiria o mal? Forças contrárias estão sempre em constante oposição, mantendo uma sobre o controle da outra.

No filme tem varias cenas impressionantes e assustadoras que fizeram com que eu pulasse da cadeira do cinema de susto. Foi muito bom ver a reação das pessoas. Fora que foi o primeiro filme de terror que fui assistir no cinema, porque antes tinha certo receio de assisti-los, pois eles sempre me decepcionavam no final, mas Invocação do Mal foi bem diferente. Além de muito recomendado, acabei vendo varias criticas positivas (gostei tanto que fui assistir duas vezes).



A família esta rodeada de fantasma, para ser mais exata tem 4, sendo eles de uma criança, uma empregada, uma senhora que morou na casa antes deles, e o de uma senhora que foi a primeira a morar na propriedade, que na verdade era descendente de uma bruxa. Por isso a residência é atormentadora.

Fora da historia, tem outra de duas meninas que tinham uma boneca maldita que estava sendo usada por um demônio, e essa boneca é uma “coisa” muito feia. Fiquei imaginando, como a pessoa poderia ter uma criatura daquela como brinquedo? Só na cabeça do autor.

O filme nos passa uma realidade sobre os demônios e fantasmas que não conhecia, ressaltando como eles podem ser vingativos. Tem cenas que me marcaram bastante, uma dela é quando a mãe fica pressa no porão que as meninas encontraram. Eu senti a agonia dela no momento em que os lances sobrenaturais começam a se proceder.

Dou cinco estrelas para esse filme, pois, como disse acima, foi o melhor do gênero terror que assisti esse ano. Recomendo a todos. 


 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se