Resenha #52 - O Despertar (Diários do Vampiro Vol 1)!



Coleção: Diários do Vampiro 
Título: O Despertar (Vol. 1)
Autor: L. J. Smith 
Tradução: Ryta Vinagre 
Editora: Galera Record 
Edição: 3 
Ano: 2009 
Idioma: Português 
Especificações: Brochura | 240 páginas 
ISBN: 978-85-0108-615-0 
Peso: 290g 
Dimensões: 210mm x 140mm
Romance que deu origem à série de televisão "Vampire Diaries", escrita e produzida por Kevin Williamson, roteirista de "Dawson's Creek", este livro narra uma história assustadora e envolvente que revela os embates de um triângulo amoroso formado por dois irmão e uma bela jovem.
Inimigos mortais, Damon e Stefan Salvatore são perturbados por um passado trágico. Vivendo nas sombras desde a Renascença italiana, eles estão condenados a uma vida solitária: são vampiros. Séculos mais tarde, o destino parece levá-los a percorrer o mesmo caminho que um dia os conduziu àquela vida amaldiçoada e eterna.
Em Fell's Church, na Virgínia, Stefan conhece Elena Gilbert, uma adolescente bela e popular. No encalço de Stefan, Damon procura vingança, e logo Elena se verá divida entre os dois irmãos e entre o amor e o perigo.
A trama é formada por Elena, a garota que pode conquistar que quiser; Stefan, um homem soturno e misterioso, que luta para proteger Elena dos horrores que assombram seu passado; e o perigoso Damon, que deseja se vingar de Stefan, o irmão que o traiu.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
★★★☆☆


Depois da morte de seus pais é um acidente de carro Elena esta de volta a sua casa com sua irmã Margaret de 4 anos e sua tia Judith.

Mesmo sendo a garota mais popular e adorada da escola, Elena se sente sozinha, até que encontra sua alma gêmea, Stefan, um vampiro perseguido pelo irmão, Damon, que também vai não só mexer com ela, mas transformar sua realidade num verdadeiro livro de terror.

Elena é aquele típica garota mesquinha e fútil que você com certeza vai detestar (ou amar). Esse primeiro volume da saga vem com muitos mistérios e partes bem assustadoras que fazem você perde o fôlego na hora que esta lendo e te prende de uma  forma que quando você ver já acabou e com um final  surpreendente.

O mal nunca encontrará a paz. Pode triunfar, mas jamais encontrará a paz.” (O Despertar, pag: 38)

Pessoalmente achei a escrita bem fácil de entender. A escritora e bem direta com suas palavras e não fica enrolando quando tem uma coisa para acontecer (isso chamou muito minha atenção, motivo este que me levou a gostar muito disso nela). Para quem é fã do seriado e for ler o livro vai ver umas diferenças bem grande, por exemplo: no livro Elena tem uma irmã de 4 anos e não um irmão de 17 (lindo e musculoso), ou o fato de que Elena é loira, Bonnie é ruiva, mas cá pra nos é sempre assim, é uma adaptação e eles nunca vão fazer fiel ao livro e teremos que nos acostumar com isso.

Dou 3 estrelas porque achei a leitura bem agradável e você termina o livro que nem percebe. Quando li esse primeiro volume ainda não conhecia o seriado, mais depois que assisti, o livro ficou um pouco sem sentido por conta da diferença enorme que tem. Se você for ler com o pensamento no seriado pode esquecer, a historia do seriado não tem nada a ver com o livro, mas o livro tem uma história muito boa também, pelo menos até aqui.



 

3 comentários

  1. Gostei de sua resenha, mas não sei se leria o livro. Não me interessei, infelizmente. :(

    Beijos.
    http://umajovemleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu li esse livro logo depois de ter assistido a primeira temporada da série e esses pontos diferentes foram o que fizeram eu desistir de ler os livros, li os dois primeiros, mas resolvi abandonar, mas acompanho a série até hoje e adoro todos os personagens.
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. adorei a resenha eu adoro esse tipo de narrativa diários do vampiro e a historia de um triangulo amoroso entre dois irmãos vampiro e uma humana que apesar de ser a mais popular da escola se sente sozinha.uma historia de terror que mexa com nossa imaginação.

    ResponderExcluir

Expresse-se