Resenha #76 - A Verdade Nua e Crua (Diário de um Banana Vol 5)!



Coleção: Diário de um Banana
Título: Diário de um Banana (Vol. 5)
Subtítulo: A Verdade Nua e Crua
Autor: Jeff Kinney
Editora: V&R
Edição: 1 
Ano: 2011 
Idioma: Português 
Especificações: Brochura | 218 páginas 
ISBN: 978-85-7683-307-9 
Peso: 330g 
Dimensões: 210mm x 140mm
No quinto volume da série, nosso herói Greg Heffley, o Garoto Banana, se vê diante de novos desafios e vai ter de se superar para dar conta de todos! Logo ele, que sempre teve tanta pressa para crescer, começa a se questionar se vale mesmo a pena ingressar tão rápido no "mundo adulto".



*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
★★★★☆


E vamos a nossa última resenha de 2013. O ano foi longo e mesmo não tendo atingido minha meta de 100 livros, consegui completar minha meta de leitura e finalizar todos os livros que queria, e mais alguns extras. Entre eles estão à série Diário de um Banana. O 5º volume, A Verdade Nua e Crua vai abandonar as banalidades infantis e centrar na transformação de Greg em um adolescente. Ele começou a passar pelas “transformações” e suas dúvidas estão cada vez maiores sobre como sua vida vai ser agora, depois de tantas modificações. E apesar de querer crescer logo, Greg vai aprender da pior maneira que ter pressa nunca é bom.

Neste volume em questão temos intrigas, brigas familiares, bagunça e muita diversão. A Verdade Nua e Crua com certeza superou Rodrick é o Cara e me conquistou. Não só porque a narrativa parece mais madura neste volume, como também Kinney não centrou apenas na amizade de Greg e Rowley. Desta vez o tema central é “crescer”. Para um livro que foi feito para crianças, abordar esses tipos de assuntos pode ser muito valoroso, até porque, elas irão passar pela fase das mudanças. E Kinney tem uma maneira sutil de falar um pouco sobre essa frase, fazendo graça e tornando a leitura ainda mais gostosa. Quero dizer, o livro é tão comédia que terminei em um dia D: Bati meu próprio recorde. E não venham dizer que é porque o livro tem ilustrações em quase todas as páginas. São 216 folhas de diversão e comédia.

Sabe, quando você é pequeno, ninguém te avisar que a infância tem um prazo de validade. Um dia você é um máximo, e no outro você é um saco de lixo.” – (Pag 33)



O livro ganha um ar tão mais adulto que tem espaço até para pensamentos mais aprofundados do personagem, como também filosofias clichês que se costuma encontrar em diversos outros livros e acabam por virar os valiosos quots. 



3 comentários

  1. Eu adoro seu blog! Muito bom! Gostei muito da sua resenha. Eu adoro esse livro, meu namorado fala que é meio infantil mas eu nem ligo u_u Ainda não li o 5, mas fiquei morrendo de vontade! Beijo, feliz 2014!
    segredos-de-moda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, ficamos muito feliz Andreza pelo seu carinho com nosso blog :D
      O seu também é muito lindo. E sim, Diário de um banana é bastante infantil, mas penso como você, não vou desistir tambem

      Abraços
      David Andrade
      http://olimpicoliterario.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Pra mim este éo melhor livro infantil

    ResponderExcluir

Expresse-se