Cinema #62 - Enrolados!



Título: Enrolados
Gênero: Animação
Direção: Byron Howard, Nathan Greno
Roteiro: Dan Fogelman 
Elenco: Anne Lockhart, Bob Bergen, Brad Garrett, Bridget Hoffman, Byron Howard, Chad Einbinder, Daniel Kaz, David Cowgill, Delaney Rose Stein, Donna Murphy, Eddie Frierson, Fred Tatasciore, Hynden Walch, Jackie Gonneau, Jeffrey Tambor, June Christopher, Kari Wahlgren, Laraine Newman, Lynwood Robinson, M.C. Gainey,Mandy Moore, Michael Bell, Mona Marshall, Nathan Greno, Nicholas Guest, Pat Fraley, Paul F. Tompkins, Paul Pape, Richard Kiel, Ron Perlman, Roy Conli, Scott Menville, Susanne Blakeslee, Terri Douglas, Tim Mertens.
Para escapar de uma torre, na qual está presa há anos, a bela e mal-humorada Rapunzel (Mandy Moore) conta com a ajuda de Flynn Rider (Zachary Levi), um charmoso e ousado bandido. A dupla, então, parte em uma fuga repleta de ação e cabelos, muitos cabelos... ao lado de um cavalo policial, um camaleão superprotetor e um bando de criminosos beberrões.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
★★★★





Em um conto inovador, Enrolados consegue arrecadar mais uma grande super produção no nome Disney, encantando seus telespectadores com cenas fortes e vívidas.


 Há muito tempo atrás, uma única gota escorreu do sol e caiu sobre uma misteriosa floresta. Dessa gota, brotou uma bela flor, capaz de trazer a juventude e a cura para quem a tivesse. Uma velha senhora acaba se deparando com o esplendido poder desse objeto, e tomada pela vaidade é levada a escondê-la. Mas não muito longe dali, a rainha desse reino dava a luz a sua primeira filha, estando numa situação precária, quase morta. O rei ordena aos seus bravos cavaleiros que encontrem uma cura para a rainha, e por mera coincidência do destino eles se deparam com a flor, levando-a até o palácio. A velha, impotente e sem poder fazer nada, corre atrás dos guardas, querendo recuperar sua flor. Infelizmente acaba sendo tarde demais. Os serviçais reais cozinham a flor e servem o chá dela para a rainha tomar, poucos instantes antes de ela dá a luz.

Assim nasceu a pequena Rapuzel, com longos e lisos cabelos dourados, dourados como o sol. A velha senhora, ambiciosa, invade o palácio durante a noite e acaba descobrindo que o poder de sua flor não se foi, mas implantou-se nos sedosos cabelos da garotinha. Sendo tomada pela vaidade, seqüestra Rapuzel e a tranca em uma torre, distante do reino, para que ninguém possa, jamais, encontrá-la.

Perfeito! Com aquele toque pessoal que só os clássicos Disney tem. Enrolados foi a única história de princesas que ainda não tinha visto e me arrependi por não ter dado uma chance a ele antes. O velho conto da Rapuzel não só ganhou um Q bem maior de misticismo, como a adaptação esta recheada dos mais repletos personagens encantadores, bem ao estilo da empresa, com uma princesa encantadora, e um príncipe nada peculiar. Sou suspeito a falar sobre as animações Disney, porque sempre acabo gostando da maioria delas, principalmente quando envolvem adaptações. Contudo, essa em particular tem aquele diferencial, que se percebe apenas nos primeiros segundos. O gráfico altamente definido, com animações quase reais e vivas, e um cenário digno de conto de fadas, mas um conto de fada com diferencial, onde os velhos eventos clichês são substituídos por cenas de beleza, sutileza e aventura. Se fosse definir Enrolados como uma comida diria que ele é como um sonho, gostoso de se provar do inicio ao fim. 





 

2 comentários

  1. Parece ótimo, fiquei doida pra assistir!

    ResponderExcluir
  2. Um sonho gostoso e ainda por cima de creme branco<3
    Eu amo esse filme, uma história maravilhosa e cheia de magia.

    http://rotinadafelicidade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Expresse-se