Resenha #102 - Os Últimos Dias de Lorien (Os Arquivos Perdidos Vol 4)!


Coleção: Os Arquivos Perdidos (Os Legados de Lorien)
Título: Os Últimos Dias de Lorien
Autor: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
Formato: E-book
 
Sandor estava cansado da rotina, de ir para a escola e obedecer aos pais. Desrespeitar as regras do “planeta perfeito” era um de seus hobbies favoritos. Ao cometer um terrível erro, porém, ele é obrigado a frequentar a Academia de Defesa de Lorien. O que ele não sabe é que isso mudará sua vida. O rapaz nunca acreditou que Lorien, um planeta tão pacífico, pudesse ser atacado. Agora Sandor é um dos poucos lorienos sobreviventes, e o destino da raça está em suas mãos.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************
★★★★


Os Últimos Dias de Lorien é um e-book cheio de novidade, recheado de informações adicionais que todo fã da série obrigatoriamente necessita ler.

Da perspectiva do Cêpan do número Nove, Os Últimos Dias de Lorien te leva a conhecer o planeta pelo qual os seis lorienos restantes lutam para salvar. Sandor vai mostrar ao leitor os bastidores da invasão mogadoriana poucos dias antes dela literalmente acontecer.

O livro começa a alguns poucos dias de um festival lorieno conhecido como Quatro Crescente, o festival do renascimento, onde o povo festeja uma espécie de ano novo. Todo ano, um monumento místico é formado para chamar a atenção da população. Esse ano em questão as coisas parecem meio deslocadas e o monumento que surge é algo misterioso e meio tenebroso. Sendo, infelizmente, os lorienos uma raça bem apaziguadora e ingênua, acabam acreditando que tudo aquilo faz parte do show, quando na realidade, uma trama bem mais perigosa está se formando nas caladas do evento principal. Sandor, por outro lado, é, na nossa perspectiva, um mero eletricista, que cuida da manutenção das linhas de defesas que cobrem o planeta em uma cúpula de proteção. Descrente e altamente opositores aos outros personagens de seu mundo (que são estritamente ligados aos regulamentos), Sandor vive aprontando e dificilmente pensa em assumir uma responsabilidade.

Esse livro tem um Q bem forte de Super Man. Quem leu a história original dos HQ’s, ou pelo menos conhece, vai se identificar rapidamente com esse conto. Os Últimos de Lorien transmitiram, especificamente para mim, uma visão bem mais quadrinista do autor do que literária. Depois de ler esse e-book fiquei com a ideia fixa de que Eu Sou o Número Quatro teria dado uma ótima série de tv, e não um filme. Além de Lore estar explorando tudo o que pode da saga original, seus spring-off tem se saído muito melhor do que a própria série literária dita. Pessoalmente, até o momento, tenho achados os e-books muito mais interessantes. Esse livro, por exemplo, prende você, não só pelos personagens bem mais arquitetos e realistas, mas pelas descrições encantadoras de Lorien (quero ir morar lá), ou pelo lado futurístico e distopico que esse mundo aparenta ter. Sem contar, claro, as críticas sociais que Lore faz durante todo o livro a sociedade atual. O livro não só vem impregnado de todo um conteúdo legal, como também possui referencias não tão visíveis para o leitor. Só é possível encontrá-la se mergulhar bem fundo na história. Diferentemente do último e-book que resenhei, A Origem do Número Oito, considero a leitura deste imprescindível, tanto para quem é fã e com certeza vai ler, quanto para quem deu uma chance a série por mera disposição.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se