Cinema #84 - O Silêncio de Melinda!



Ficha Técnica
Título: O Silêncio de Melinda (Speak)
Diretor: Jessica Sharzer
Gênero: Drama
Duração 89 min
 Sinopse
É o primeiro dia do primeiro colegial para Melinda, mas ela não se mistura à euforia dos corredores da escola, na verdade é como se nem estivesse ali. Isolada pelos amigos por ter chamado a polícia durante uma festa da galera, ela não consegue falar do terrível trauma que sofreu naquela noite, nem para as amigas, nem para si mesma. Mas decide tentar reencontrar sua voz e, finalmente, se expressar. O Silêncio de Melinda é um filme contundente e perturbador, adaptado do best seller "Speak" vencedor do prêmio New York Times.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************




O que acontece quando alguém se recusa a falar? Melinda se recusa a se expressar, tornando-se triste e oprimida. O filme retrata a jornada diária que Melinda enfrenta para que alguém perceba, na escola ou em casa que nada está bem. Ela age como se o seu silêncio gritasse que algo está errado.

"Sempre que tento conversar com meus pais ou um professor, balbucio ou congelo. O que tem de errado comigo?"

Kristen Stewart atua perfeitamente no papel da "estranha" Melinda que ao decorrer da historia vai revelando o motivo do seu silêncio. Quando em uma tentativa desesperada de se socorro ela liga para a policia durante uma festa na casa de suas amigas, quando sua amiga bate na sua cara por ter estragado não só a festa, mas feito os pais de sua amiga ficarem sabendo da festa, quando chorando porque Melinda a acabará de ser violentada por um colega da escola (um típico jogador de futebol americano), Melinda se cala.

"Provavelmente devia contar a alguém. A qualquer pessoa. Para ultrapassar isto. Deixar sair."



Daí a historia se segue e nos faz notar que uma pessoa triste é geralmente ignorada. Que o silêncio faz Melinda ser sozinha e que a única pessoa que falava com Melinda diz claramente que vai deixar de ser sua amiga porque ela é muito "depressiva" o que é até cômico durante a cena.

"Ninguém realmente se importa com o que você tem a dizer."

O filme tem um final feliz. Acontecem fatos que ajudam Melinda a deixar de se calar e perceptivelmente tiram o peso de suas costas. Esse filme te faz perguntar a si mesmo: "Porque aquela pessoa é triste?" Com um final satisfatório, O Silêncio de Melinda (Speak) é a indicação de um longa para esse final de semana para aquelas pessoas que estão á procura de um filme que te faça rever valores e pensar sobre situações da vida que afetam á todos nós.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se