Resenha #127 - Contos da Seleção!



Ficha Técnica
Título: Contos Da Seleção: O Príncipe & O Guarda
Autor: Kiera Cass
Tradução: Cristian Clemente
Editora: Seguinte
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 288 páginas
ISBN: 978-85-6576-532-9
Peso: 300g
Dimensões: 210mm x 140mm
 Sinopse
Os dois contos que se passam no universo criado por Kiera Cass, autora da trilogia A Seleção, agora estão disponíveis em edição impressa. Em O príncipe e O guarda, o leitor pode acompanhar de perto os pensamentos e emoções dos dois homens que lutam pelo amor de America Singer. Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam. Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real — e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer.


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************
  


Em um livro que ilustra detalhes por trás das cortinas, Kiera Cass agracia seus leitores com mais curiosidades e fofisses de A Seleção!

Para quem leu os dois primeiros volumes da trilogia e não conheceu esse livro, eu sugiro que conheça. Tem curiosidades aqui que vão fazer o leitor observar a história de diferentes ângulos. Personagens secundários como o rei ou a rainha ganham muito mais luz depois de visualizar os contos narrados por Maxon e Aspen. Mas vou ao que interessa.

A diagramação do livro pra mim ficou impecável, de maneira que é impossível eu colocar algum defeito. PÁGINAS CHEIROSAS QUE FAZEM VOCÊ ABRAÇÁ-LO E NÃO LARGÁ-LO MAIS. Só a capa que não me agradou muito, pois achei pouco criativa, já que toda a trilogia tem suas capas ilustradas pela protagonista, de forma que acho que elaborar um símbolo ou até mesmo usar a coroa do livro daria muito mais ênfase ao fato desta obra não ser parte integrante (embora sua leitura seja muito indicada) série. Acredito também que um trabalho diferenciado no início dos contos, tipo, uma folha preta, ou alguma ilustração para marcar, também deixaria o livro mais chamativo, mas claro, nada que venha influenciar na narrativa, que continua impecável como sempre.

O livro vem separado em três grandes partes. A duas primeiras são os dois contos, que já vou classificar e contar agora!


O Príncipe
  
Aqui vemos alguns eventos do livro A Seleção, narrado sobre a visão de Maxon, mais exatamente os eventos antes da Seleção, quando descobrimos que o príncipe já tinha uma primeira paixão, uma amiga de infância que ele amava, mas que estava proibido de nutrir qualquer sentimento já que precisava se casar com uma plebéia de Illeia!

O legal nesse conto foi vê as coisas sobre o ângulo do príncipe e o quanto todo esse jogo com seu destino parece realmente horrível, se levando em conta o pai manipulador e psicótico que ele, que está sempre planejando o futuro do filho sem o deixar tomar suas próprias decisões. Eu realmente fiquei muito encantado por esse conto em questão. Deixou muitos detalhes mais claros! Além disso, também demonstra aos leitores a visão de Maxon sobre America. Então, tipo, se você for adepto ao casal, vai soluçar bolhas de tanta fofura que é ele descrevendo o primeiro encontro dos dois.


O Guarda
Também narrado por outro personagem, desta vez, veremos os fatos ocorridos em A Elite na visão de Aspen. Para os amantes do par romântico entre ele e America, terão um prato cheio de sentimentalismo aqui. Pra mim, o conto foi válido porque tem diversas cenas de ação que superam os livros oficiais em tudo. Kiera Cass é uma ótima autora quando o tema é descrição. Ela devia colocar mais cenas assim na trilogia.

Outro ponto interessante a citar são mais detalhes que estavam por trás da cortina que nosso amigo guarda ai escuta; cenas que saem da própria boca do rei, o que provavelmente só vai fazer você odiar ele muito mais. Claro que minha opinião sobre o personagem narrador não mudou nada. Ainda acho Aspen um chato de galocha, e realmente, merecia perde America, mesmo eu sabendo que no fundo ele provavelmente não perde (não é spolers, eu nem li o fina ainda ok).

E para fechar, Os Contos da Seleção ainda trazem um adiantamento do final da trilogia com 3 capítulos de A Escolha e mais algumas curiosidades, como por exemplo, a lista completa de garotas para a seleção, ou a árvore genealógica da America e etc.


5 comentários

  1. OOOOOOOLÁ, David, boa tarde! Como vai? Espero que bem! ♥ Hm, achei muito interessante essa "versão" de A Seleção, de verdade! Eu adoro, como você disse, observar determinadas histórias por outros ângulos, como por exemplo, ao olhar de outro personagem. É ótimo! Páginas cheirosas? Meu Deus, até isso você avalia, hahaha! Acho demais isso, viu? Avaliar além do que somente o livro. Os livros e suas páginas já são cheirosos pra mim, imagine sendo cheiroso de verdade? Haha, que sonhoooo, eu preciso desse livro! Aaah, ela vem separada em três partes? Mais um ponto positivo a favor desse livro, pois eu amo livros que são divididos em duas partes ou mais, fica tudo mais organizado. E não, apesar de o livro ser uma obra de contos, eu não imaginei que fosse dividida em partes, uahsuahsaush! :33 Ainda não li nenhum livro da série, mas estou terminando um aqui em casa e o próximo será A Seleção, que está guardadinho aqui, haha! Fico feliz em saber que gostou do conto do Maxon, pois, embora eu ainda não tenha lido o livro, já nutro um sentimento de muuuito amor entre ele e a America, de taaaaaanto que as pessoas falam deles dois, hahaha! ♥ Pela sua visão, o conto do Aspen aparenta ser bem menos "detalhado", mas de qualquer forma, não perdi o interesse por este livroooo!

    Adorei sua resenha, viu? Como sempre, impecável! Queria muito escrever mais a respeito, mas não tenho conhecimento da série ainda :c

    Um enoooooorme e grande beijo,

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
  2. Oi David!

    Ainda não li a série (sim, acredita?????). Mas logo vou pegar emprestado ou comprar, sei lá.
    Legal esse livro de contos! Adorei saber que gostou.

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Primeiramente gostaria de parabenizar o blog (incrível), admiro muito pessoas que incentivam a leitura :)

    bom, quanto a resenha, ficou maravilhosa e me deixou com mais vontade de iniciar essa leitura (sim, eu não li nenhum dos livros da série, rs).
    Muito boa a dica, vou colocar na listinha :)

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, David, tudo bem?

    Ao contrário de vc eu curti mais o conto do Guarda, apesar de mostrar algo que já foi narrado, sempre quis saber o ponto de vista do Aspen. E ele tem uma posição privilegiada no que diz respeito a saber tudo o que rola no castelo, né? Acabei abandonando essa série depois de A Elite. Mas gostei bastante dos contos.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Aí está um livro que me ganhou pela capa! Haha! Estou muito ansiosa para lê-los!

    Parabéns pelo blog!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Expresse-se