Resenha #130 - Sangue (Vampiro de Mércia Vol 1)!




Ficha Técnica
Coleção: Vampiro De Mércia (vol. 1)
Título: Sangue
Autor: K.J Wignall
Editora: Bertrand Brasil
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 224 páginas
ISBN: 978-85-2861-865-5
Peso: 350g
Dimensões: 230mm x 160mm
 Sinopse
1256. Will estava destinado a ser o Conde de Mércia, mas não viveu o bastante para herdar o título, já que foi acometido por uma estranha doença aos 16 anos de idade. Mesmo assim, apesar de sua morte – e de seu enterro –, ele não está nada morto. Ao longo das páginas, o leitor vai compreender um pouco sobre esta condição de Will. Descobrir que ele está existindo entre a vida e a morte. Ocasionalmente hiberna, sempre esperando que a morte lhe chame e, toda vez que desperta, enterrado no solo, tem uma breve lembrança do primeiro pânico que sentiu em 1349. Sangue apresenta como um de seus principais diferenciais o fato de ser mais macabro e sombrio do que as obras atuais do gênero. Para Wignall, o romantismo é importante, mas nunca deve se sobrepor ao enredo. Assim, ele elaborou cenas angustiantes, como as que o protagonista enfrenta sempre que desperta das hibernações, além de ambientes sinistros e escuros e personagens bem-construídos, perversos e sem escrúpulos.
Livro Cedidos pela Editora Bertrand Brasil


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************


Depois de quase oitocentos anos de existência, é chegada à hora de mais um despertar. Por séculos está tem sido a sobrevida de William, acordar de sua hibernação, sair à procura de uma vitima da qual ninguém daria pela falta, para posteriormente ficar vagando pelas ruas desta nova realidade e então retornar ao seu sono, sem perspectivas, amigos ou amor. Porém desta vez o destino parece ter arquitetado um rumo diferente para sua história. Em pleno século XXI, ao sair à procura de alimento após vinte anos de hibernação, a vítima escolhida, um morador de rua chamado Jex, mostrará a Will que sabe muito mais de seu destino do que ele mesmo após tanto tempo de existência, e que tudo está estranhamente conectado a uma jovem chamada Eloise. Ao lado da garota, Will perceberá que em seu futuro, terá uma importante missão a cumprir, mas muitos inimigos o espreitam nesta perigosa jornada que o levará a descobrir os motivos pelos quais foi transformado no que é hoje... Um vampiro.

Longe dos estereótipos de vampiros bonzinhos que se alimentam de animais para não machucar seres humanos, criados por Stephanie Meyer, os personagens de K. J. Wignall retornam a sua origem gótica e sombria, sedentos por sangue humano e dotados de uma melancolia por terem sido amaldiçoados a verem as pessoas que amam perecer sem jamais encontrar descanso. Assim é William de Mércia, o conde que foi acometido por uma doença aos 16 anos, no ano de 1256.

O universo vampiresco de Wignall é repleto de criaturas assustadoras e amaldiçoadas que remetem ao passado de seu protagonista como, mulheres inocentes que foram queimadas na fogueira por serem acusadas de bruxaria, espectros sem rosto, feiticeiros capazes de invocar os mortos e muito mais.

Uma jornada repleta de mistérios e muita ação aguarda por trás das páginas da trilogia de O Vampiro de Mércia, estréia do autor K.J. Wignall em terras brasileiras. O livro se apresenta aos leitores de forma sutil e vai conquistando nosso carisma e atenção de tal modo que chegado o final do livro já estamos sedentos pela continuação.

Mal posso esperar para poder acompanhar a continuação da saga, Alquimia, que promete ainda mais ação, suspense e muitas revelações sobre o passado de nosso protagonista William de Mércia.


Um comentário

  1. Confesso que não conhecia essa trilogia
    Mas gostei bastante da dica, uma ótima resenha
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Expresse-se