Resenha #133 - Almas Sombrias (Diários do Vampiro / O Retorno Vol 6)!



Ficha Técnica
Coleção: Diarios do Vampiro
Título: O Retorno - Almas Sombrias (Vol 2)
Autor: L. J. Smith 
Tradução: Ryta Vinagre
Editora: Galera Record
Edição: 1
Ano: 2011
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 448 páginas
ISBN: 978-85-0109-136-9
Peso: 550g
Dimensões: 210mm x 140mm
 Sinopse
Stefan foi capturado por espíritos demoníacos e está preso na Dimensão Sombria, onde rumores dizem que vampiros e demônios andam livremente, mas humanos são mantidos como escravos por seus mestres sobrenaturais. Elena pede ajuda a Damon e, com Matt, vai até lá resgatar Stefan. O problema é que a tensão entre ela e Damon continua aumentando. Qual dos irmãos Salvatore Elena realmente quer?


*********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
*********************************************************************


Quando estava no inicio do livro a minha maior vontade era de terminar logo, pois como todos os outros livros da saga, esse também é muito chato o começo, e a historia só começa a melhorar do meio para o final. Parte boa para mim que sou fã de Damon é que ele aparece bem mais nesse livro. Como quando esta viajando com Elena até à Dimensão das Trevas para resgatar Stefan que foi levado para uma prisão chamada Shi no Shi. Na viajem até a Dimensão das Trevas, Elena vai ficar cada vez mais próxima de Damon e assim vai descobrir segredos que ele esconde a sete chaves e vai tentar ajuda-lo a livrar-se dos seus medos e de toda a sua maldade. Todo esse contato com ela vai acabar transformando ele, de forma que vá se tornando a cada dia uma pessoa melhor e se preocupando mais com as outras pessoas alem de Elena e Stefan. E Elena vai descobri que o que ela sente por Damon é bem maior do que ela pensa.

Fiquei muito feliz, pois pensei Elena voltou a ser uma pessoa normal, sem os malditos poderes das Asas da Redenção. Mas eu estava enganada! Ela voltou a ser humana mais não perdeu os seus poderes, só não sabe como usá-los. Vai cair sobre Damon ensiná-la a como utilizá-los e canalizá-los. O ruim: lá no finalzinho do livro as malditas asas aparecem novamente, agora são asas da proteção.

O mais hilário para mim foi à parte para entrar na dimensão das Trevas, Elena, Bonnie e Meredith (isso mesmo já não basta ter Elena para Damon cuidar as amigas ainda vem na bagagem), para entrarem já que são humanas elas vão se passar de escravas de Damon e tem que entrar amaradas. Mas como a escritora não pode deixar engraçado o livro ela faz Elena ser uma completa imbecil tentando salvar as pessoas que estão sofrendo e assim acabam entrando em uma enrascada. Uma parte boa de Bonnie ter ido com eles é que a escritora tirou o ar de menina frágil dela, que havia nos outros livros.

Uma parte que mim teve muita raiva! A autora, L.J Smith gosta muito de falar da protagonista Elena, por exemplo: ela usa três paginas do livro para descrever ela em um momento que esta viajando com Damon e ele fica olhando para ela e admirando-a. Me deu uma vontade muito grande de pular essas paginas.

Os vilões desse livro continuam sendo as raposas do livro passado Shinichi e Misao, que ainda estão possuindo as meninas da cidade. A mais critica é Caroline que ainda esta com o malach e grávida de Tyler Smallywood, que é um lobisomem e essa combinação não esta fazendo nada bem a ela.


O livro é razoável apesar dos empecilhos, por isso vou dar 3 estrelas, mais  por conta de coisas que acontecem do meio para o final, que é quando começa a ficar realmente interessante. Se fosse pelo começo não ganharia nenhuma. O inicio do livro faz você pensar porque estou lendo isso?



Lisa Jane Smith ficou conhecida no mundo literário pela abreviação do seu nome, L. J. Smith. Americana que hoje reside na Califórnia, a escritora publicou livros que estão classificados conforme o mercado editorial como destinado a jovens e adultos. Suas tramas envolvem um misto de gêneros, dentre eles o terror, ficção científica, romance e fantasia. A série de seus livros mais famosa no Brasil e no mundo é “Diários do Vampiro”, composta de dez volumes que inspirou a série de TV, The Vampire Diaries.
Fã declarada de C. S. Lewis e de J. R. R. Tolkien, declarou se inspirar nesses autores para a luta entre o bem e o mal, a luta entre a luz e a sombra, presente nos seus livros.




Um comentário

  1. Oiii David

    Já li essa série toda é apavorante e ao mesmo tempo emocionante !

    A Elena dá muita raiva as vezes e não consegui decidir se gosto mais do Stefan ou do Damon, mas acho que o Damon é tão sexy e instigante... Ai ai
    hahahahaha

    Beijoos

    Raíssa Martins - O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir

Expresse-se