Resenha #138 - A Prisão Mal-Assombrada!


Ficha Técnica
Título: A Prisão Mal-Assombrada
Autor: Joseph Delaney
Editora: Bertrand Brasil
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 112 páginas
ISBN: 978-85-2861-734-4
Peso: 150g
Dimensões: 210mm x 140mm
 Sinopse
A história começa com a primeira noite do órfão Billy, de quinze anos, como guarda de uma sinistra prisão. Mas essa não é uma cadeia qualquer com prisioneiros comuns. Nela há celas mal-assombradas que não podem ser usadas, sussurros e gritos durante a noite. E o temido Poço da Bruxa. Billy é alertado a manter distância do prisioneiro que fica lá no fundo do poço. Mas quem poderia ser? O que poderia ser tão assustador? O cenário deste livro é inspirado no Castelo Lancaster, onde, em 1612, as bruxas de Pendle ficavam trancadas antes de serem julgadas e enforcadas. Elas eram mantidas em uma cela conhecida como Poço da Bruxa. Quando Joseph Delaney visitou o castelo, ficou imaginando o que teria restado lá embaixo depois que as bruxas se foram.
Livro Cedido pela Editora Bertrand Brasil 


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


Joseph Delaney envolve seu leitor em uma aventura instigante e ao mesmo tempo maravilhosa onde terror mistura-se com alegria e risadas. Em A Prisão Mal Assombrada somos apresentados a todo um enredo voltado para um gênero mais obscuro, que infantilizado por suas gravuras, conquista a todos de uma forma indescritível.

Billy foi convocado para trabalhar no período da noite em dos castelos mais apavorantes de sua região. Órfão e morador permanente em uma espécie de pensão para garotos, o jovem vai despretensiosamente atrás do emprego, sabendo que precisará controlar seus impulsos que clamam para que ele se afaste do lugar. Mas até que ponto não deve sucumbir a sua necessidade? Precisa do emprego para poder se manter. Além disso, que mau alguns espíritos podem lhe fazer?

Contudo, sua ida para o horário da noite envolve muito mais de um arquitetado plano do que ele poderia imaginar, e quando se defronta com uma visão inesquecível, sua vida pode estar correndo mais riscos do que pensava.

Delaney recria todo um ambiente medieval-gótico, com direito a tumbas, salões gigantescos tenebrosamente enfeitados e demônios silenciosos que costumam assombrar durante a madrugada. E é neste cenário que seremos apresentados a este enredo fascinante, que mais parece um conto de tão deliciosamente que é sua leitura. Em uma diagramação encantadora, o autor guia seu leitor por páginas e mais páginas ilustradas com perfeição, aguçando nossa curiosidade e carinho pelos personagens. E apesar da leitura fazer um estilo mais suspense/terror, os desenhos ao longo do livro quebram este paradigma e acolhem um público abrangente que se delicia com uma boa história de ação e emoção.


 


   

Scott M. Fisher é o responsável pelas beldades de gravuras que encontramos no livro. Além de desenhar excelentemente bem, o autor ainda enriqueceu o livro na qualidade detalhista que os personagens adquirirem e na sedução de seus cenários, caprichadamente sombreados, ganhando aquela tonalidade obscura que os amantes deste tipo de literatura vão amar. Eu pessoalmente nem sou fã deste tipo de leitura, mas não tinha como não me encantar. Não só me apaixonei pela capa, como pela escrita aparentemente simples, porém, bem medida de Delaney. Diria que ele soube compartilhar a medida certa, de forma que a leitura jamais fica cansativa, repetitiva ou até mesmo tediosa. A obra mais me pareceu um conto devido à velocidade com a qual terminei sua leitura, mesmo que só tenha mínimas 110 páginas. E sou sincero a dizer que preciso de muito mais para saciar a vontade que fiquei desta leitura.



Joseph Henry Delaney, conhecido como Joseph Delaney, (Londres, 25 de Julho de 1945) é um ex-educador e, atualmente, um autor de ficção científica e livros de fantasia. Delaney aposentou-se de sua posição como um educador, a fim de dedicar suas energias na carreira de escritor em tempo integral. Ele mora em Lancashire, Inglaterra, com sua mulher. Tem três filhos e quatro netos.








Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se