Resenha #159 - Leviatã: A Missão Secreta!



Ficha Técnica
Coleção: Leviatã
Título: Leviatã - A Missão Secreta
Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Edição: 1
Ano: 2014
Especificações: Brochura | 366 páginas
ISBN: 978-85-0109-758-3
 Sinopse
Scott Westerfeld, autor da série Feios, reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial em uma narrativa steampunk. Em lados opostos, mekanistas lutam com aparatos mecânicos movidos à vapor e darwinistas usam imensos animais geneticamente modificados, e adaptados para a batalha. Alek Ferdinand, príncipe do império austro-húngaro, está sem saída. Perdeu seu título e o apoio do povo, restando apenas um imenso ciclope Stormwalker e um grupo leal de homens. Por outro lado, Deryn Sharp é uma jovem plebeia que se disfarça de homem para ingressar na Força Aérea Britânica. Os caminhos dela e de Alek se cruzarão de maneira inesperada, levando-os a bordo do Leviatã para uma viagem que mudará suas vidas.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



O livro Leviatã é o primeiro da série steampunk escrita por Scott Westerfeld. Nele, o autor relata uma versão diferente da primeira guerra mundial. As potências acabam de declarar guerra umas as outras e estas se dividem em dois campos científicos distintos: Mecanicistas e Darwinistas. O primeiro grupo remetem as potências alemãs e se utilizam da ciência das máquinas durante a guerra, modelos que partem do principio dos originais e ganham novas formas de locomoção, não sobre rodas, mas sobre patas mecânicas como grandes seres metálicos no campo de batalha.

Já os Darwinistas, se apoiam na teoria de Darwin, da evolução das espécies, trabalham diretamente nas cadeias vitais dos seres vivos para evolui-los a sua vontade, sendo o próprio Leviatã que dá nome ao livro, uma enorme aeronave viva construída a partir das cadeias vitais de uma baleia branca. Criaturas nunca antes imaginadas ganham vida nas páginas de Leviatã, tornando a história ao mesmo tempo fascinante e desafiadora. E digo isso não apenas pela narrativa de Scott Westerfield, mas também pela riqueza das ilustrações de Keith Thompson, ilustrador responsável também pelos mapas iniciais de Sombrae Ossos assim como Sol e Tormenta, da Editora Gutenberg (vocês não tem ideia do quanto eu surtei quando descobri isso).

De cada um dos lados a história conta com um protagonista, que tem suas narrativas intercaladas pelos capítulos. Ao lado dos mecanicistas encontramos o jovem Aleksander Ferdinand, príncipe impuro do Império Austro-Húngaro, que será forçado a fugir de seu próprio povo, pois seu título de nobreza é irrelevante e ele próprio, nada mais é que um empecilho diante dos planos de nobres maiores. Para manter a própria vida o garoto é obrigado a fugir no meio da noite com um grupo de quatro homens leais em um andador Ciclope Stormwalker (Ilustração abaixo).


 

Do outro lado da iminente batalha estava Deryn Sharp, uma garota inteligente e audaciosa que se disfarça de homem para realizar seu sonho de voar, se alistando como aspirante na Força Aérea Britânica.

Ambos os protagonistas vivem suas próprias aventuras até que tem seus caminhos cruzados e juntos partem um uma nova empreitada apesar de seus objetivos distintos. A narrativa de Westerfeld é rica e detalhada, o que nos condiciona a imaginar as criaturas não ilustradas do livro. A combinação de autor e ilustrador é simplesmente fantástica e cativante, sendo a história em si repleta de ação e aventura além de sacadas geniais quanto ao desenvolvimento do enredo. Estou simplesmente grata por ter ganho esse livro de aniversário e me declaro culpada por ter me apaixonado tão rapidamente pela saga.






Scott Westerfeld (nascido em 5 de maio de 1963) é um autor norte-americanos de ficção científica. Ele nasceu no estado do Texas E.U. e agora divide seu tempo entre Sydney, na Austrália e Nova York, E.U.A.. Seu livro Evolution's Darling era um New York Times Notable Book (2000), e ganhou uma menção especial para o de 2000, Philip K. Dick Award.





22 comentários

  1. Olá, Lena

    Apesar de conhecer o autor, nunca li nada dele, e confesso que não sou fã desse gênero steampunk de livro, mas a narrativa cheia de aventuras e detalhada são pontos que me chamaram a atenção. Adorei sua empolgação nessa ótima resenha.

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Hey Lena, tudo bem?
    Primeiramente parabéns pelo blog, eu simplesmente amei.
    E wow, que resenha bacana, fiquei super curioso em ler

    Abraços,
    http://www.revolucaonerd.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Lena!
    My god como eu sou apaixonada pelo mapa desse livro o_o eu não li ainda, mas toda vez que vejo a imagem me dá vontade de chorar porque santa perfeição ASBUIGBASBGASGABNGAIO
    Não conhecia muito o plot desse livro mas queria ler só por ser steampunk. Agora então! Adorei esse conflito de crenças. Se o autor trabalha bem, deve ser fantástico *O*
    Ótima resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar do livro, mas não sabia do que se tratava. Acho muito interessante livros repleto de aventuras. Ótima resenha!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, que capa linda desse livro!
    Então, adorei essa capa, a sinopse e sua resenha.
    Tenho interesse principalmente nesse livro por ser do mesmo autor da série Feios.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lena, tudo ok?
    Sério gente, SÉRIO, preciso ler esse livro URGENTEMENTE!!!! Me interessou muito a capa, sinopse e sua resenha me deixou mais interessado ainda, ahsuahushuas. Obrigado por me deixar louco por um livro :/
    Sua resenha ta bem legal.
    Beijos ahsuhaus

    ResponderExcluir
  7. Não é o meu estilo de livro, mas achei muito boa e interessante a resenha.
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Esse livro parece ótimo! Já começa chamando atenção pela capa!
    Achei bem bacana o autor ter escrito uma nova versão (por sinal mais interessante) de um fato que aconteceu, como a primeira guerra. Fiquei bem interessada em lê-lo e descobrir como ficou a história!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Tenho curiosidade de ler esse livro, mas como já conheço a escrita do autor e me decepcionei com todos os livros que eu li dele até agora, não sei se arriscaria...
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lena!
    Menina, preciso te dizer: que inveeeeja de você! Haha. Eu sempre, SEMPRE, quis ler esse livro. Desde que coloquei meus olhos nele, Mas o danado nunca está em promoção e isso me fez por diversas vezes comprar outros livros ao invés dele. :/ No fim, prorroguei a leitura, mas nunca perdi a certeza de que um dia leria Leviatã.
    Adorei sua resenha. Cada detalhe que você apresentou sobre a história me encheu de expectativas! Espero ter a oportunidade de ler esse livro em breve.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Já tinha visto essa capa mas não conhecia a sinopse.
    Agora estou aquele sentimento que PRECISO ler esse livro... A capa é linda assim como as ilustrações. Sua resenha está incrível!!!!

    Bjs
    Jéssica Rodrigues
    http://www.coracaoleitor.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ola Lena lindona amei a capa do livro , mas a premissa dele não me chamou muito atenção pelo menos no momento. As ilustrações estão muito bem feitas . Quem sabe em outro momento. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  13. Otima resenha, mas confesso que não me interessei
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oiee, tudo bem?

    Esse livro parece ser sensacional para quem curte o gênero. Confesso que não me chama a atenção. Ja li alguns steampunks, mas acho que eu não iria gostar desse livro. Mesmo assim, a diagramação é linda!

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  15. Putz grila!

    Essa capa é muito fodástica, o gênero steampunk é muito show, essa guerra entre mecanicistas e darwinistas me parece que vai nos trazer muitas aventuras.
    Parabéns pela resenha Lena.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
  16. Achei sensacional a resenha, a primeira que eu li sobre essa história, na verdade, e a capa e tudo, me parecem fantásticos!!!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá Lena, como vai? Adorei a sua resenha, meus parabéns.
    Mas tenho que ressaltar que estas capas dessa série é simplesmente fantástica poxa. As ilustrações são lindas demais! A premissa parece ser bem interessante.
    Espero ainda ter a oportunidade de ler.
    Beijos!
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Eu sou fascinada pela parte gráfica deste livro, mas apesar de querer que ele enfeite minha estante, nunca consegui despertar aquele interesse pela leitura mesmo :(

    bjs

    ResponderExcluir
  19. Oieee, tudo bem? Tenho muita vontade de conhecer essa série, sou apaixonado pela escrita do autor por causa da série Feios e por isso tenho muita vontade de ler esses livros, adorei sua resenha, Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Olá Lena!
    A história me pareceu bem elaborada, mas não faz o meu tipo de leitura.
    Gostei das ilustrações que você colocou na resenha, deu pra ter uma noção da história.
    Pra quem gosta desse tipo de livro vai amar a história.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Lena,
    Ótima resenha. Sou fã tanto da primeira quanto da segunda guerra mundial e ver uma versão steampunk me chamou muito a atenção. fiquei muito interessado em ler esse livro, pois quero ver como ele conseguiu deixar uma versão da primeira grande guerra em steampunk. Show de bola.
    um abraço.

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá Lena, tudo bem?

    Eu gosto de steampunks, mas este criado pelo Scott Westerfeld não me interessou não. Vou aguardar as continuações e ver se sua nota será a mesma.

    beijos

    ResponderExcluir

Expresse-se