Resenha #156 - Cidade do Fogo Celestial (Os Instrumentos Mortais Vol 6)!


cidade do fogo celestial
Ficha Técnica
Coleção: Os Instrumentos Mortais
Título: Cidade do Fogo Celestial
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 532 páginas
ISBN: 978-85-0109-273-1
 Sinopse
ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando.
Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



Somos todos partes do que nos lembramos. Guardamos em nós as esperanças e os medos daqueles que nos amam. Contanto que exista amor e lembrança, não existe perda de fato.

Sebastian declarou guerra contra a Clave. Após seu último triunfo na batalha em Burren, Londres, chegou a hora de novas alianças se formarem, enquanto as velhas são quebradas. Uma brutal guerra aguarda os Caçadores de Sombra no desfecho da saga escrita por Cassandra Clare. Enquanto Sebastian busca reconhecimento, amor, vingança e elevação de seu próprio sobrenome, Clary, Jace, Izzy, Alec e Simon se aventuram em uma jornada perigosa por territórios jamais pisados pelos anjos e muito menos por mortais. Perigo a cada esquina... Adrenalina a cada página, Cidade do Fogo Celestial é uma pedida mágica para quem gosta de ficar sem ar. O livro não só arrebata o leitor do começo ao fim, como faz você ansiar por muito mais, de forma que satisfação não será encontrada quando a obra acabar, deixando a sensação de abstinência.

Como Sebastian falou, “Erchomai” (Estou chegando), e Clare realmente chegou para ficar. A autora que alcançou seu grande sucesso literário após a publicação de sua série arquitetando um final digno para Os Instrumentos Mortais, com muito romance, drama e ação, tudo na medida certa, adocicando a leitura e emocionando a todos. A narrativa, novamente, asfixiante, rica em detalhes e descrições, pega todos desprevenidos quando os eventos começam a acontecer, um conectado ao outro. Narrado em terceira pessoa, o livro segue o exemplo de seus antecessores, explorando pontos estratégicos de diversos personagens centrais, de forma que o leitor se vê confrontado a localizar informações que determinado personagem não sabia. Isso especificamente pode ser considerada uma jogada esplendida da autora. Os capítulos gigantescos nunca se prendem a uma só visão, o que gera uma visualização muito mais ampla de toda a trama e sentimentalismo desses personagens. Cidade do Fogo Celestial também trás um amadurecimento da escrita da autora e de seus personagens, muito mais adultos, corajosos, determinados, e menos dramáticos ou clichês. Clary, a antiga “chatinha” da história, ganha novos horizontes, mostrando-se uma mulher muito mais madura e aparentemente mais forte, decidida.

Heróis nem sempre são os que vencem. Algumas vezes, são os perdem. Mas eles continuam lutando, continuam voltando. Não desistem. É isso que faz deles heróis.

Acho que algumas vezes somos imprudentes com nossos corações do mesmo modo como somos com nossas vidas.

Outro ponto da narrativa é a separação do livro. Clare separou o enredo em dois grandes momentos, sendo ambos intitulados a eventos que rementem os futuros acontecimentos. A capa em si também já fala bastante, se levando em consideração detalhes que deixam-se escapar para quem ainda não conhece a saga, a exemplo, a cor da roupa de Clary.


Preto para caçar de noite e dar sorte.
Pois o branco é a cor do pranto e da morte

Não deixe que os outros concluam quem você é. Conclua você mesmo.

Especificamente a edição ficou muito bem trabalhada. A capa em especial não é das minhas favoritas, tendo preferência pela do volume anterior. Mas isso em momento algum retira a glória que a narrativa é, detalhando fatos e sugando o leitor a todos instante para suas páginas. O único ponto negativo (entre aspas, claro), talvez seja as inúmeras referencias que a autora faz a suas outras obras publicadas. Como alguns devem saber, Peças Infernais (outra trilogia de Clare) e os contos do mago Magnus Bane são livros que remetem também ao universo dos Caçadores de Sombras. Em vista disto, a autora trabalhou com genialidade e brilhantismo, interligando uma a outra, de forma que detalhes lá do primeiro livro ou de outra saga são retratados como pequenas explosões para desenrolá-lo do futuro atual deste último volume, e isto é, de fato, algo incrível, mas não tão incrível quando as histórias ficam tão interligadas e acabam causando certa confusão no leitor que apenas leu Os Instrumentos Mortais, mas não Peças Infernais. O enredo de Cidade do Fogo Celestial fica acessível, claro a todos, e lógico, a história fará sentindo, mas o leitor não tirará os 100% se não tiver conhecimento das outras duas séries que citei acima, de forma que alguns pequenos detalhes escapam e deixam a dúvida no ar. Foi uma estratégica inteligente de Clare, afinal, se sua meta era venda, ela vai alavancar muitos novos leitores para essas outras séries, devido a querer saciar sua curiosidade. Contudo, não uma jogada muito interessante para o enredo de Cidade do Fogo Celestial, que ficou um tanto preso à trilogia das Peças Infernais. A interligação era importante? Sim, pois um fato justifica o outro. Mas não tantos detalhes, ou a presença de personagens que estão em outros livros. Para quem não conhece (tipo eu), as duvidas e as curiosidades vão ficar.

Ah, e fãs da Clare, podem aguardar, uma nova série parece vir por ai, pois Cidade do Fogo Celestial já age como um IMENSO pontapé para a nova geração que a autora planeja desenvolver. A dica que eu dou, se você for fã, é que leia essas duas séries que citei acima antes de ler este livro, para tirar os 100% da leitura. No entanto, caso não queira, também não se sinta acanhado a não se aventurar na história. É um livro deliciosamente chocante e gostoso, tão cercado de adrenalina, que largá-lo, após começar, é quase impossível.





Cassandra Clare nasceu em uma família americana no Teerã, Irã e passou grande parte de sua infância viajando pelo mundo com sua família, incluindo uma caminhada pelo Himalaia quando criança, que foi quando ela passou um mês vivendo na mochila de seu pai. Antes dos seus dez anos de idade ela morou na França, Inglaterra e Suíça. O fato de que sua família se mudava muito, ela encontrou familiaridade nos livros e estava sempre com um livro debaixo do braço. Ela passou seus anos de escola em Los Angeles, onde ela costumava escrever histórias para divertir seus colegas, incluindo um romance épico chamado "The Beautiful Cassandra", baseado na homônima história de Jane Austen.
Após a faculdade, Cassie viveu em Los Angeles e Nova York, onde trabalhou em várias revistas de entretenimento e até mesmo em alguns tablóides bastante suspeitos, onde ela relatou sobre a viagem ao mundo de Brad e Angelina e as avarias do guarda-roupa de Britney Spears. Ela começou a trabalhar no seu romance YA, Cidade dos Ossos, em 2004, inspirada na paisagem urbana de Manhattan, sua cidade favorita. Ela dedicou-se em tempo integral em sua ficção fantasia.
A primeira venda profissional de Cassie foi um conto chamado "The Girl’s Guide to Defeating the Dark Lord", em uma antologia Baen de fantasia humor. Cassie odeia trabalhar em casa sozinha, porque ela sempre se distrai por reality shows e as travessuras dos seus dois gatos, por isso ela geralmente se propõe a escrever em cafés e restaurantes locais. Ela gosta de trabalhar na companhia de seus amigos, que vêem que ela adere a seus prazos.
Atualmente, reside em uma antiga casa vitoriana em Nova Iorque com seu noivo, seus gatos, e lotes e lotes de livros. A triologia The Mortal Instruments tem sido citada em muitas listas de Best-Sellers




18 comentários

  1. Meu. Deus. Que resenha linda *-* sério, uma das melhores resenhas que eu já li NA VIDA e não, não estou exagerando.
    Eu sou louca para ler as séries da Cassie, até comecei a ler Cidade dos Ossos, porém abandonei porque não estava na "vibe" para ler esse gênero (mesmo ele tendo romance no meio). Mas, cara, sua resenha realmente me fez querer ler os livros sem parar, já que eu me apaixonei pela escrita da Cassie.
    Parabéns pela resenha, pelas fotos, ficou tudo lindo!
    Beijão
    http://thais-monte.blogspot.com.br/
    http://acrrosstheuniverse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?
    Eu li o primeiro livro da serie e não gostei muito, mas acho que vou dar outra chance pois muitas pessoas falam em da serie.


    fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiee ^^
    Ah, essa série, esse livro! Fiquei doida da vida quando acabei o penúltimo da série e essa belezinha ainda não tinha data de previsão *-* Adoro a escrita e os livros da Cassandra, achei genial a forma com que ela introduziu os personagens da próxima série nesse livro ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá! :)
    Está aí uma série que preciso ler esse ano, ou pelo menos começar! A cada resenha fico mais instigada a ler, e com a sua não foi diferente.
    Ótima resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Falta esse Livro para concluir a Sérieeee! :( Não vejo a hora de ler e saber como tudo irá terminar, mas ao mesmo tempo to me enrolando para adquirir ele, não quero concluir a história!!!!!
    Um Lado positivo é que ainda não tenho a Série Peças Infernais e o Livro do Magnus, então vou adquirir primeiro eles antes de ler esse Livro! :D Como Você mesmo disse para tirar total proveito do Leitura! ^^
    Estou ansiosa para ver como vai terminar essa etapa e como serão os novos Livros! :D :D :D
    Aaaaaaaah já ia esquecer adorei o colar! ;)

    Abraço e até logo! :D
    http://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Amei o colar, tenho um igual, kkkkk, eu parei de ler essa série, apesar de você ter gostado, foram coisas que vc gostou que me fez parar de ler.. a unica cosia boa? Magnus Bane, cara, ele é um totoso aushausha
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oiiiiiiiiiie!!! Poxa eu amo Cassandra! Gostei muitooooo desse livro! A minha série preferida da Cassandra é as peças infernais, mas tenho um carinho imenso com os Instrumentos para foi quem me apresentou a autora! Eu adorei a ''introdução'' que apareceu para as novas historias, já deu de criar laços com os novos personagens!Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Bom, eu não li nenhum livro dessa série, então é normal que eu não fique tão animada assim com a sua resenha :c Confesso que essa série não chama muito a minha atenção, a história dela parece bacana, mas ainda não me fez querer conhecê-la, sabe? O que eu acho bacana nessa série são as capas, eu acho elas simplesmente lindas kkkkk Enfim, fico feliz que a leitura tenha sido boa para você oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. David eu amo essa série e achei que Cassandra fechou brilhantemente a série. Não ficou nenhuma ponta solta e todos personagens com definições e finais. Bom já percebeu adoro a autora. Próxima leitura del será Peças Infernais e Magisterium . abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, gostei bastante da sua resenha e da sua opinião.
    Esta série imensa está na minha listinha a tempos, infelizmente falta a grana para finalmente poder ler ela. Essas capas são simplesmente maravilhosas.
    Espero que eu curta quando eu ler, como a maioria curte também.
    Beijos e muito sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Em pensar que só li o primeiro até agora! Tenho tanta coisa para ler que tô ficando louca..
    Cara, eu li várias resenhas dizendo que o livro não foi o final esperado e coisas do tipo, então acabei surpreendendo-me ao ler esta.
    Eu espero realmente, gostar do resto da série, porque a idealização e construção do Mundo das Sombras se destacam acima de tudo, e ver algo assim sendo bem tratado, evoluído e respondendo a expectativas é incrível.
    Até mais,
    Nat
    www.nossosmundos.com

    ResponderExcluir
  12. Oiee, tudo bem? Em 2014 eu li Cidade dos Ossos e desde as primeiras páginas eu me apaixonei pela escrita da autora, tenho todos os livros publicados da autora, todos dos Instrumentos Mortais, todos das Peças Infernais e tbem os livros extras como o Códex por exemplo, pretendo ler todos os livros em 2015 e eu tenho a sensação de que eles serão as minhas melhores leituras de 2015 rsrs, adorei os quotes e achei bem legal a sua opinião sobre a autora e sobre os livros rs, Abraços,

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bom?
    Não li nenhum dos livros da Cassandra Clare, mas sua resenha me fez ter vontade de correr para ler suas séries. Sempre escuto elogios sobre a escrita da autora e isso só aumenta minha curiosidade em conhecer suas obras.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá David, tudo bem?

    Ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da Cassandra, mas meu projeto Mega Sena 2015 dará certo e em 2016 eu consigo ahahahha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi David!

    Sempre tive vontade de ler os livros da Cassandra, mas como toooooodo mundo lê e fala maravilhas deles, fiquei com um pouco de medo de ir com muita sede ao pote e me decepcionar...
    Vi o filme do primeiro livro e gostei bastante!
    Quem sabe um dia eu leio tbm não é?!
    Nos desejados ele já está! ^^

    Beijokinhas!

    ResponderExcluir
  16. Você gosta bastante da série não? Em outra resenha de outro livro da Clare, deu para notar, mas nessa esta ainda mais evidente, rs. Enfim, ate tenho curiosidade em ler os livros da autora, só que no momento vou deixar para depois, pois já tenho alguns séries para acompanhar. :)

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  17. Eu amo essa série,mas nem lembro em que livro parei,e o que eu maus gosto na trama é a presença de ação,drama,romance,lutas e a mistura disso tudo ficar perfeita.

    Li a resenha superficialmente pois não li os anteriores e fiquei com medo de pegar algum spoilers.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  18. Que resenha de tirar o folego!! Amei.
    Ainda não li esta série e se já tinha vontade ler, a sua resenha reforçou ainda mais este desejo. Eu acho as capas dos livros simplesmente lindas.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Expresse-se