Cinema #104 - Cinquenta Tons de Cinza!


Título: Cinquenta Tons de Cinza
Gênero: Drama
Direção: Sam Taylor-Johnson
Roteiro: E.L James, Kelly Marcel
Elenco: Andrew Airlie, Ann Wu-Lai Parry, Anna Louise Sargeant, Anne Marie DeLuise, Anthony Konechny, Brent McLaren, Callum Keith Rennie, Chad Fortin, Dakota Johnson, Dylan Neal, Eloise Mumford, Emily Fonda, Jamie Dornan, Jason Cermak, Jason Verner, Jennifer Ehle, Jo Wilson, John Specogna, Jordan Gardiner, Julia Dominczak, Kirt Purdy, Luke Grimes, Marcia Gay Harden, Matthew Hoglie, Max Martini, Megan Danso, Peter Dwerryhouse, Rachel Skarsten, Raj Lal, Reese Alexander, Rita Ora, Steven Cree Molison, Tom Butler, Victor Rasuk
Produção: Dana Brunetti, E.L. James, Michael De Luca
Duração: 125 Minutos 
Estúdio: Universal Pictures
 Sinopse
A jovem e virgem Anastasia Steele (Dakota Johnson) é chamada para fazer uma entrevista com o bilionário Christian Grey (Jamie Dornan) para um trabalho de faculdade. A partir daí, os dois começam a criar uma relação complexa, com a descoberta amorosa e sexual. Tudo parecia perfeito, mas o magnata esconde um grande segredo que vai mudar de vez a vida de Anastasia.



**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************




Anastácia é uma estudante de literatura inglesa que esta perto de se formar, uma jovem tímida, atrapalhada, desengonçada e sem nenhuma alto estima.

Christian Grey é um homem rico, discreto, sexy e misterioso, que deseja ser chamado de Sr. Grey. Adepto ao BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo)

Não li o livro mais posso dizer que me apaixonei pelo filme. Uma historia engraçada, fascinante e muito sexy.

Sempre fui bom em lidar com pessoas. Tenho um instinto natural para saber o que agrada a cada um.” (Gray)

Anastácia conhece o Sr. Grey quando vai fazer uma entrevista para o jornal da faculdade, no lugar de sua amiga que esta doente e não pode ir. Na entrevista rola olhares intensos e uma conversa nada discreta. Eles começam um relacionamento bem estranho, pois ele informa que não é romântico e mostra para ela o seu segredo, que é seu quarto vermelho da tortura (esse é o nome dado por Anastácia). Lá, ele diz que é um lugar mais para dar prazer. Sr. Grey leva ela para um passeio de helicóptero e o final da viagem é na casa dele.


Você vai fazer amor comigo agora- diz Anastácia
Eu não faço amor. Eu “fodo”, eu “fodo” com força- diz Grey

A parte mais esperada por mim no filme foi o contrato. Ele tem cláusulas que deixa qualquer mulher assustada e não é diferente com Anastácia. É nesse momento que ela começa a pesquisar sobre a submissão e fica decidida a não assinar, mais Christian mostra que a dor sentida é prazerosa.

Ouvi dizer que o livro foi inspirado em Crepúsculo, e posso dizer que vi algumas coisas parecidas principalmente nos personagens, Anastácia tem a mania de morder o lábio inferior da mesma maneira que Bella, Grey tem aquela historia de "eu não sou a pessoa certa para você fique longe de mim", idêntica a de Edward.

  

Vou dar para o filme quatro estrelas. Pode ser que alguém discorde, mas eu não li o livro então desculpa. O filme ficou muito mais parecido com um romance (culpa é da classificação) do que com uma historia de um sado masoquista. Mesmo assim despertou minha curiosidade para ler o livro.



5 comentários

  1. Meeeniinooo! O que foi aquele gif de Anastácia e Grey na cama!?

    Eu tinha interesse em ler os livros, mas o perdi. Antes a história me chamava atenção, agora me dá receio...

    Não sei se leria, talvez eu até assiata ao filme. Que escroto as manias deles serem semelhantes/iguais aos personagens de Crepúsculo '-'

    Abs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. eu gostei muito do livro mas, não gostei muito do filme achei que faltou a narrativa que ouve no livro, quando ela pensava nas deusa inteiro .... etc. kkk beijos
    http://livro-azul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Eu não consegui ler o livro todo, achei meio enfadonho... Mas vejo muitos comentários de que a adaptação deixou a desejar. Se eu não gostei do livro, mal sei se quero ver o filme.
    Ah, eu tinha visto uma vez que a autora criou esse livro com as fã fics que ela fazia da saga Crepúsculo, então realmente tem muita semelhança. rs

    Beijo,

    Samantha Monteiro
    http://www.wordinmybag.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso que esperava um pouco mais do filme, não que eu tenha achado ruim, de forma alguma! É um ótimo filme, mas não sei fiquei com a sensação de que faltou um "Q" a mais em algumas coisas! rs

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu não curti o livro, e não tenho interesse em ver o filme!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir

Expresse-se