Cinema #108 - Festa no Céu!


Título: Festa no Céu
Gênero: Animação
Direção: Jorge R. Gutierrez
Roteiro: Douglas Langdale, Jorge Gutierrez
Elenco: Ana de la Reguera, Anita Briem, Channing Tatum, Christina Applegate, Danny Trejo, Diego Luna, Gabriel Iglesias, Grey DeLisle, Ice Cube, Ron Perlman, Zoe Saldana
Produção: Aaron Berger, Aron Warner, Brad Booker, Carina Schulze, Guillermo del Toro
Duração: 95 Minutos 
Estúdio: Fox Film
Classificação: Livre
 Sinopse
O jovem Manolo está dividido entre cumprir as expectativas impostas por sua família de toureiros ou seguir a vontade de seu coração - que leva à música. Tentando se decidir, ele embarca em uma viagem por três diferentes mundos: o dos Vivos, o dos Esquecidos e o dos Eternizados em uma aventura sobrenatural.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************




Com um visual deslumbrantes e um enredo cativante, Del Toro faz mais uma super produção, imperdível para a família. E apesar da pegada do filme ser bem leve e engraçada, levando-se em consideração que é voltado para criança, ainda não deixa de abordar temas fortes como perda e morte.

A história é contada sobre o ponto de vista de uma simples guia de turismo do museu. Em uma tarde, acaba tendo que lidar com um grupo problemático de crianças, que pouco dão importância ao passeio. Para entretê-los, a guia conta a história sobre o famoso “Livro da Vida”, onde se localiza todas as histórias da humanidade. Em especial, ela menciona tradição mexicana ao dia dos mortos. Lá apresenta La Muerte, deusa ancestral que adora os homens e os protege durante e após sua vida, diferentemente de seu ex-marido, Xibalba, governante da Terra dos Esquecidos que busca apenas trapacear e controlar tudo, para obter poder. No conto, os dois fazem uma aposta, valendo o reino de cada. Na aposta, o destino de três jovens é colocado em prova. A bela Maria, filha do líder policial da cidade de San Angel tem uma forte amizade com o emotivo violinista, Manolo, que descende de uma linhagem de toureiros, e com Joaquim, filho de um famoso herói da aldeia. 

Na aposta, os dois deuses escolhem com que Maria irá casar. Enquanto La Muerte aposta em Manolo, Xibalba confia em Joaquim, apelando para trunfos perigosos e imorais que irá gerar toda uma reviravolta na vida dos três.

Porquinho mais fofo meu Deus *-*

Boa parte da trama gira em torno desse triangulo amoroso entre Joaquim, Maria e Manolo, mas o filme também abordar laços familiares e escolhas pessoais, quando os personagens são visualizados independentemente. Cada um apresenta uma característica própria e um drama particular. E embora a trama central seja bastante explorado, talvez pela duração, o filme deixou a desejar nos dramas particulares dos personagens, que pouco foi mencionado ou centralizado. O que mais tem esse ponto levantado é Manolo, devido também a ser o protagonista, mas isto não impede que todo o clichê romântico sugue toda a sua estrela pessoal. As cenas acontecem tão rápido que mal dá tempo do telespectador parar para suspirar. Até o romance em si ficou um tanto corrido.

Por outro lado, Del Toro conseguiu uma façanha digna de felicitações. A visão de morte é espetacular, de forma que a cidade dos que já morreram aparenta ser mais feliz do que a dos vivos. O longa está recheado de contradições e conhecimento sobre a cultura e a mitologia mexicana, o que promove uma verdadeira curiosidade por mais. E mesmo que você esteja apenas tentando se distrair, o filme ainda é uma pedida imperdível. Com personagens encantadores e um visual muito marcante, Festa no Céu é uma linda animação para se assistir com a família toda.



Um comentário

  1. Oi David!
    A Rosana falou dele lá no blog, achei tão fofo *-*
    Faz tempo que não assisto uma animação (tirando as que meus alunos veem todos os dias haha) mas estou louca para assistir a essa.
    Beijinhos

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir

Expresse-se