Resenha #201 - Starling!



Ficha Técnica
Série: Starling
Título: Starling
Autor: Lesley Livingston
Editora: Jangada
Edição: 1
Ano: 2015
Especificações: Brochura | 288 páginas
ISBN: 978-85-6485-085-9
 Sinopse
Mason Starling é campeã de esgrima, mas nunca teve de lutar por sua vida. Não até a noite em que uma violenta tempestade sobrenatural assola Manhattan, aprisionando Mason e seus colegas de equipe dentro da escola. Ela é atacada por criaturas horrendas, com forma vagamente humana, enquanto a tormenta traz para a vida dela um perigoso desconhecido: um jovem que não se recorda de nada além de seu nome – Fennrys, o Lobo. A chegada desse garoto misterioso faz em pedaços o mundo de Mason, ao mesmo tempo que uma atração inegável surge entre eles. Juntos, eles tentam desvendar os segredos da identidade de Fenn, enquanto forças estranhas e sobrenaturais se adensam à volta deles. Quando descobrem que a família de Mason, com sua obscura ligação com antigos deuses nórdicos, é a chave de todo o mistério, Fennrys e Mason subitamente se veem diante de um futuro catastrófico: o Ragnarök – ou o fim do mundo, como o conhecemos.
Cortesia Editora Jangada (Grupo Editorial Pensamento) 


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



Mase é uma esgrimista, de uma família poderosa. Seu pai é um dos milionários patronos da escola de Gosforth, e até o dia da tempestade sua vida era normal. Ela queria ser uma esgrimista na equipe nacional e tinha uma quedinha por seu colega Callun. Após serem atacados por monstros estranhos, a vida dos cinco jovens (Mason, Callun, Rory, Heather e Toby) que estavam lá naquela noite mudam completamente. Fennrys, o Lobo, apareceu do nada, assim que as criaturas horríveis que começaram a atacar Mase e seus amigos. Nu e com uma espada na mão, ele é implacável ao matar as horrendas criaturas e salva-los.

Por que ele tinha uma espada? Por que ele estava em Nova York? Será
que ele de fato morava ali?
Nesse caso, onde era sua casa? Onde estavam suas roupas?
Por que exibia aquelas marcas nos tornozelos e pulsos?
Quem era ele?
Quem sou eu...?”

Fenn não se lembra quem é, ou porque de estar em Nova Iorque, mas sabe de coisas que poucas pessoas sabem. Mesmo após abandonar a escola e os jovens que ajudou, Fennrys não consegue tirar Mason da cabeça, e sente a forte necessidade de vê-la novamente.

Com uma profecia sobre o fim do mundo, o Ragnarök, pairando sobre todos, alguns o querem o quanto antes e outros vão fazer de tudo para impedir!

Sou uma pessoa apaixonada pela mitologia nórdica, e fiquei super animada ao ver que o livro faz várias abordagens a ela, com direito a uma profecia assustadora e muitos mistérios que Fenn e a Mason, juntos, terão que descobrir. 

O que mais odiei nesse livro? Bem, o Rory, irmão da Mason. O garoto é mais que irritante, acho que se eu pudesse jogar um personagem da ponte, com certeza ele seria o cara! Sobre o Fenn... céus, loiro, com o corpo de um deus grego e ainda misterioso? Estou me abanando aqui... Agora se tem uma personagem que me surpreendeu foi a Heather, eu pensei que iria odiar a garota, mas ela me conquistou! Mason – não entendo porque a autora deu um nome de garoto para ela – não fede nem cheira, espero gostar mais dela nos próximos livros. Ainda precisa se desenvolver melhor.

O livro é narrado na terceira pessoa, dando uma visão geral dos acontecimentos da obra, e não apenas da parte dos mocinhos, o que deixa as coisas ainda mais legais e envolventes. Li o livro bem rápido, até porque meu tempo para leitura foi bem curto. Starling tem muitos acontecimentos e o fato da narração não ser focada apenas em um ou dois personagens aumenta isso ainda mais.


Esse foi o primeiro livro da autora que li, não posso dizer que morri de amores, mas fiquei curiosa para o próximo livro, então se você está procurando por um sobrenatural legal, com ação, mistério e romance, este é para você.



É escritora e atriz, e mora em Toronto, no Canadá. Tem mestrado em Inglês pela Universidade de Toronto, onde também se especializou em Literatura Arturiana e Shakespeariana. É cofundadora do Grupo de Teatro Tempest, com o qual se apresenta. Desde criança, é fascinada por histórias de mitologia e folclore, civilizações antigas e heróis lendários, e acabou se tornando especialista em mitologia grega e celta, esta última, rica em contos de outros mundos, magia e lendas do rei Artur. Sua intensa atividade cultural não a impede de cultivar outras paixões um pouco menos “intelectuais”: confessa que ama sem culpa sapatos e coisas brilhantes.





11 comentários

  1. Ola David li esse livro recentemente e amei, adorei os personagens, mitologia nórdica, todo o mistério do livro. A autora soube desenvolver bem a trama e parou o livro em um momento crucial. Gostei muitos dos protagonistas e os vilões. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Oi David, nossa que mistureba, profecia, monstros e lobisomens. Bom, lendo sua resenha não me interessei muito pelo livro. Acredito que não leria, o que li de mais interessante é sobre a beleza do tal Fenn, contudo isso não faz uma boa história né, e levando em conta que a personagem principal não fede nem cheira acho que eu passo!

    ResponderExcluir
  3. Oii tudo bem?
    muito bem feita a resenha, parabens!
    porem eu nao gosto muito desse genero literario então eu nao leria o livro
    Um abraço!
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Já estava há algum tempo querendo ler esse livro, mas confesso que desanimei um pouquinho, pois esse lance de cara misterioso salvando a mocinha de um ataque e depois não conseguindo tirá-la da cabeça bem clichê, mas acho que tal ponto é compensado pela parte da mitologia, que é uma tema que amo. Se gosta de mitologia nórdica, depois dá uma conferida em Lobos de Loki, parece ser muito bom e tem uma capa linda. Vou ver se animo de ler Starling até o final do ano.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conheço muito de mitologia nórdica, apesar de amar mitologia em geral, e esse é um dos motivos que me fazem querer ler o livro. Gosto dessa possibilidade que a narrativa em terceira pessoa fornece de sabermos mais sobre os acontecimentos do que só o que acontece com os mocinhos. Que bom que mesmo você não tendo morrido de amores ainda ficou com essa curiosidade pelo próximo livro.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?

    Desde que vi Starling nos lançamentos da editora fiquei super animada em ler. Lendo sua resenha essa curiosade ainda prevalece e pretendo comprar em breve. Gosto de mitologia, monstros e lobos (são as minhas criaturas místicas preferidas). Adoro um bom sobrenatural, com mistério e ação. A capa desse livro é linda. Em suma, parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?

    Gosto de livros de mitologia e acredito que eles sempre trazem um conteúdo bem relevante para o leitor. Mas confesso que não me interessei por Starling. A história não me chamou a atenção e com certeza eu iria me irritar com Rory também.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto muito de histórias com seres sobrenaturais mas essa infelizmente não me atraiu, acredito que seja por não curti histórias onde mitologia esteja inserida.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?

    Tenho até certa vontade de ler o livro pelo fato do sobrenatural, e o Fennrys gato e misterioso chamou minha atenção desde o início. Gostei de saber da narração em terceira pessoa, tendo uma visão ampla dos acontecimentos, e o fato dos personagens serem bem construídos. O que me desanima é que não entendo nada de mitologia nórdica, então com certeza ficaria muito perdida durante a leitura.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  10. Amo mitologia, mas conheço muito pouco sobre a nódica.. Gostei de saber que é bem abordado nessa história. Acho que a narração em terceira pessoa caiu bem com a história e pelo que você contou, eu também vou odiar o irmão da Mason rs.
    Dica anotada ;D

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  11. Olá, boa noite!

    Gostei da sinopse, mas confesso que desanimei um pouco em relação a ele depois de ler a resenha, todavia, gosto de opiniões verídicas e adorei a sua.
    Parabéns pelo Blog, pelas resenhas, enfim, acho que deixo esse livro passar sem anotar o nome dele para possíveis interesses.

    Beijo!
    Livros & Tal [http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/].

    ResponderExcluir

Expresse-se