Resenha #213 - Uma Carta de Amor!



Ficha Técnica
Título: Uma Carta de Amor
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 288 páginas
ISBN: 978-85-8041-247-5
 Sinopse
Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


E mais uma vez Nicholas Sparks escreve sobre um tema comum a todas suas histórias: o amor. Porém, desta vez, ele traz um amor, a princípio, que acontece de forma diferente. Mas afinal, qual seria essa diferença? Simples, ele nos traz um amor que começa de forma platônica e que no decorrer da história se torna um amor possível. Creio que todos nós, em algum momento da nossa vida já passou por um amor assim, e é nesse ponto que a história se torna familiar ao leitor.

Seus interesses eram inteiramente diversos, mas isso parecia mantê-los juntos, em vez de afastá-los um do outro.”


Narrado em terceira pessoa, nós acompanhamos a vida de Theresa, uma jornalista divorciada e que cria seu filho Kevin com o que ganhar como jornalista. A vida de Theresa é bem cotidiana e se resume a trabalhar e cuidar do filho. Mas essa mesmice em sua vida muda quando ela encontra a garrafa com uma emocionante declaração de amor, no qual é assinada por alguém chamado Garrett. A partir desse momento é criado um tom de mistério, no qual Theresa tenta descobrir onde está e quem é esse Garrett. Após buscas ela o encontra, e então Sparks começa a desenvolver a história de amor entre os protagonistas, mas esse desenvolvimento em momento algum soa forçado, é algo que flui naturalmente.

– Nada que valha a pena é fácil. Lembre-se disso.”






Um ponto bem interessante é fato do autor optar por inserir as cartas que Garrett escreve para sua falecida mulher. É através dessa pratica que podemos observar a personalidade romântica que Garrett possui. Tais cartas são descritas como emocionantes e mexe com os personagens, mas esse efeito transpassa o campo fictício e chega a nós leitores.

Como uma “marca registrada” de Nicholas Sparks, a história é rodeada de romance, mas não de uma forma exagerada. Os momentos de romance extremo são mais centrados nas cartas, mas mesmo carregando uma grande carga emocional, não chega a ser algo enjoativo.





Será possível que você saiba como fico sem você? Quando sonho, gosto de pensar que sim. Antes de nos conhecermos, eu andava pela vida sem sentido, sem razão. Sei que de alguma forma cada passo que dei desde o momento que aprendi a andar foi um passo na sua direção. Fomos destinados a ficar juntos.”

O livro possui uma capa simples, mas mesmo assim rica pela paisagem que mostra. As variações de cores dão um toque magico, o mesmo toque quando você observa ao pôr do sol com seu amado. A obra é muito bem diagramada e possui uma fonte que permite a leitura fluir de forma natural.


Minha nota se dá pelo impacto emocional que o livro provocou em mim. Os aspectos mais “teóricos” fazem com que a nota não seja máxima, e também por ser algo ao qual já estou acostumado nos livros de Nicholas Sparks, principalmente levando em conta o seu desfecho.




Nicholas Sparks nasceu em 1965 em Omaha, Nebraska. Cresceu em Fair Oaks na Califórnia e vive actualmente na Carolina do Norte com a família. Foi durante algum tempo delegado de informação médica até que Theresa Park, agente literária, decidiu começar a representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance O Diário de uma Paixão (The Notebook) à Warner Books. O sucesso foi imediato e a obra permaneceu durante 56 semanas consecutivas nos tops americanos. Seguiram-se livros como As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um amor para recordar (A Walk to Remember), Corações em Silêncio (The Rescue) também eles sucessos editoriais de grandes proporções, tendo o primeiro sido adaptado para versão cinematográfica pelo próprio autor.



3 comentários

  1. Oi Anderson! Eu já li Uma Carta de Amor, do Nicholas, e lembro que a história me agradou muito, gostos dos clichês criados pelo Sparks, ele sempre constrói seus romances em torno de pessoas comuns, que por mais que tenha a "perfeição" da narrativa, são pessoas comuns vivendo suas vidas também comuns, e em determinado momento coisas incomuns podem acontecer com elas. Não acho diferente da vida real. (Há quem discorde rss) Mas enfim, excelente resenha!

    Abraços!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Anderson!
    Quero muito ler algo do Sparks, provavelmente no próximo mês eu consiga!
    Apesar de ouvir falar que alguns dos livros do autor seguem a mesma "linha de raciocínio" e tem um final mais trágico, ainda assim pretendo ler. Principalmente depois que assisti um filme baseado no enredo e me encantei <3

    Abçs
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  3. Queria ter dinheiro para comprar de uma vez todos os livros que ainda não li do Nick. Sou completamente apaixonada por seus livros e sua escrita. Adorei a resenha e a sinopse do livro, e os trechos que você colocou só me deixou mais curiosa e ansiosa para lê-lo. Beijos.
    http://chuvacobertaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Expresse-se