Resenha #221 - Tocando as Estrelas!



Ficha Técnica
Coleção: Tocando as Estrelas
Título: Tocando as Estrelas
Autor: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Edição: 1
Ano: 2015
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 224 páginas
ISBN: 9788581637334
 Sinopse
Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagens no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.
Cortesia Editora Novo Conceito


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


Paige é uma adolescente normal com uma vida normal; amigos, escola, trabalho de férias de verão e sonhos. Ela tem um grande sonho: ser uma estrela de televisão, mas acha que nunca vai conseguir realizar por falta de oportunidade. Em sua cidade ela fez apenas algumas peças para a escola, comemorações de algumas datas especiais e alguns comercias quando era mais nova. Ela faz parte de uma família grande onde sua mãe sonhava em ser atriz, porém acabou sendo professora em uma escola da cidade e seu pai que sonhava em ser arquiteto também acaba se tornando professor, ainda contando com mais dois irmãos adolescentes. Paige com certeza se acha a mais insignificante da família. Seu único diferencial são seus amigos. Cassandra e Jack são seus amigos desde sempre, sendo Jack um protetor da natureza e Cassandra uma adolescente tipicamente normal que adora livros, filmes e atores bonitos. Uma vida normal, para uma adolescente normal. Mas tudo muda quando a sua amiga Cassandra lhe mostra um cartaz que informa sobre um teste para um filme de uma trilogia de livros que esta fazendo bastante sucesso entre as adolescentes. Locked, o novo fenômeno literário, irão para as telonas, e Paige pode finalmente ter encontrado sua oportunidade, levando-se em consideração que sua amiga sabe tudo sobre o livro.

Como se algum dia as pessoas pudessem saber meu nome, até me reconhecer. Eu não seria a pequena Paige, a tampinha que nasceu no antros dos Townsen. Seria Paige Townsen: a primeira e única. Uma sensação de possibilidade. A sensação de que, "aqui e agora", tudo poderia acontecer.”

Três semanas após fazer o teste, depois de muito nervosismo e achar que não ia conseguir o papel por não se achar capaz, Paige se encontra no Havaí em um estúdio de gravação e ao lado de um dos seus ídolos, Rainer um rapaz meigo, carinhoso, atencioso e protetor que vai ser seu par romântico no filme.

Com o pique de gravações e pouco tempo de fazer outras coisas para se distrair Paige e Rainer se tornam amigos, e um sentimento, por trás dos bastidores, começa a surgir, mas Paige não quer arriscar a amizade. Estaria ela certa disto?. Esse sentimento começa a ser colocado a prova quando o terceiro ator é escolhido, Jordan. Ele é o oposto de Rainer, misterioso, bad boy e reservado. Paige percebe que como a personagem do livro ela esta envolvida com ambos, mas sabe que é necessário escolher um deles e espera que o final da história de August, a protagonista do livro, lhe ajude a escolher, pois esta vendo muita semelhança entre a vida real e a ficção.

Tem alguma coisa nele. Alguma coisa que me faz achar que ele pode me transformar. Que ele vai me transformar.”

Tocando as Estrelas é uma historia fascinante com um triangulo amoroso diferente, uma historia que podemos ver na vida real onde adolescentes leitoras sonham com o momento em que seu livro preferido vai virar uma adaptação cinematográfica; onde o príncipe encantado pode realmente aparecer. Existe toda uma fuga do real para o irreal, um jogo engraçado e gostoso que faz o leitor se apaixonar mais e mais pela narrativa.

-Você está de bom humor - comento.
Ele olha para mim e ergue as sobrancelhas.
- Eu vou conseguir beija-lá hoje - Ele explica - Não é um bom motivo?”

Envolvemos-nos com a historia de uma maneira que chega uma determinada hora que torcemos para as coisas acontecerem da nossa maneira, mas a Rebecca Serle tem sua própria linha de pensamento que nos deixa com vontade de saber o que vai acontecer no próximo capitulo. Sem dúvidas é um livro sensacional, para se deliciar com decisões imprevisíveis.

- Ela finalmente entende o que significa se apaixonar por alguém - ele disse - Aquela parte do amar alguém quando ambos estão completamente entregues ao sentimento.”

Ao final não poderia deixar de falar do famoso triangulo amoroso, pois é a parte que causa maior polemica entre os leitores, onde uns gostam e outros não. Em particular vou dizer que me surpreendeu e me deixou com o gostinho de quero mais. O que mas me chamou a atenção nesse final foi o quanto Paige cresceu emocionalmente deixando de ser uma adolescente sonhadora e assustada para uma mulher que toma decisões tão importantes e altruístas. A velha lenga lenga adolescente é deixada para trás, e forma-se o amadurecimento não só dos personagens, como do enredo, que fica mais concreto, intenso. Tocando as Estrelas é um livro com uma historia linda, uma capa mais linda ainda, e só posso dizer que a Novo Conceito esta de parabéns com essa edição perfeita.

Vou dar cinco estrelinhas, não poderia ser diferente depois de todos os elogios. Leiam! É uma trama adolescente que muitas pessoas vão se identificar, sem dúvidas.


Rebecca Serle é meio viciada em notícias sobre o mundo do entretenimento e sabe tudo sobre a vida das celebridades. Ela escreve sobre a série Vampire Diaries no site Vulture. Já morou no Maui e em Los Angeles, e hoje vive em Manhattan.



5 comentários

  1. Olá,
    O livro parece ser muito bom, a história é interessante e etc, mas essa capa mata um! Achei a premissa curiosa, apesar de clichê. Fiquei com curiosidade pela obra.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ola Eli quando vi a capa desse livro fiquei apaixonada, mas lendo a sinopse vi que teria um triângulo amoroso, já me desanimei ainda mais com protagonista adolescente que só amadurece no final do livro, acho que irei me irritar um pouco com ela.
    Vou ler mas não nesse momento fico feliz que gostou da leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Oláá Elizane!!

    Confesso que tenho muita curiosidade em ler essa obra mas principalmente para entender o porquê de tantas resenhas controversias, fiquei muito feliz em ver a sua extremamente positiva, mas já vi muitas negativas.
    Acho o enredo maravilhoso e principalmente por me ver querendo fazer parte dele <3

    Espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse !


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Elizane, se arrependimento matasse viu! Quando fui escolher os lançamentos que queria da Editora Novo Conceito acabei não me apaixonando pela sinopse de Tocando as estrelas, mas todo mundo tem falado tão bem! Me sinto mal agora hahaha, ainda mais com você dando 5 estrelas. A paige realmente parece ser uma personagem que nos prende no enredo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Elizane, tudo bem?
    Amei a sua resenha... porque tenho muita vontade de ler esse livro, ele está no topo de minha listinha de desejados... sabe que adorei a premissa e o enredo... de como a história vai caminhar... conhecer um pouco desse mundo cinematográfico através de uma adaptação literária mesmo que fictícia, me deixou extremamente empolgada.... fora que essa capa é de babar... xero!

    ResponderExcluir

Expresse-se