03 fevereiro 2016

Coluna: Na Tela #20!




Olá, pessoal! Depois de um breve hiatus estou de volta! Primeiramente, eu gostaria de agradecer a David por ter me dado a oportunidade de fazer parte do blog trazendo seriados para vocês. E por fim, eu gostaria de comemorar com você 1 ano da coluna Na Tela e aproveitando esse clima de aniversário, eu escolhi falar do novo Digimon.




Sinopse: Depois de 6 anos desde que Tai Kamiya e as Crianças Escolhidas foram para um outro mundo, o Mundo Digital, naquela aventura de verão. E 3 anos desde a última batalha contra MaloMyotismon. Os nossos digi-escolhidos se encontram em mais uma aventura, agora no mundo real.







Personagens: Tai Kamiya, Matt Ishida, Sora Takenouchi, Koushirou "Izzy" Izumi, Mimi Tachikawa, Joe Kido, T.K. Takaishi, Kari Kamiya, Meiko Mochizuki.


Digimon Adventure Tri. é um conjunto de 6 OVAs (uma espécie de especial que alguns animes ganham, tendo geralmente uma ou uma hora e meia de duração; tipo um mini filme), tendo o lançamento do primeiro em 20 de novembro de 2015, em comemoração aos 15 anos do anime. Embora seja um OVA, o anime foi exibido em salas de cinema no Japão, como se fosse um filme. Nos demais países o primeiro OVA foi dividida em 4 episódios e exibida pelo site Crunchyroll.

Confesso que depois de um bom tempo sem assistir Digimon, foi uma grande alegria quando foi anunciado que finalmente teríamos uma sequencia direta do Digimon 02. Porém fiquei decepcionado quando confirmaram que seriam OVAs e não uma nova temporada, ainda mais depois de assistir. 

Juntando a duração dos 4 episódios, temos exatamente um filme. Eis o problema, o tempo de um filme é muito curto para desenvolver algo extremamente legal. Como prova disso temos Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário que comprimiu toda a saga das 12 casas em um longa de 1 hora e meia (sem falar da qualidade). As coisas acontecem de forma definitivamente rápida e sem muito aprofundamento, desta forma, pelo menos espero que haja algum aprofundamento no próximo OVA, marcado para ter seu lançamento em março de 2016, mais exatamente no dia 12.

Além do pouco tempo, outro aspecto em que o anime deixa a desejar é no novo designer. Em Digimon Adventure e Digimon Adventure 02, os personagens tinham traços mais americanizados, já em Digimon Adventure Tri, passamos a vê-los com traços mais japoneses. Eu não creio que isso seja uma coisa ruim de toda forma, porém quebra com a imagem que todos estávamos acostumados nesses 15 anos.

Apesar desses pontos que levantei, foi ótimo ter um pouco da nossa infância de volta e que os próximos OVAs saíam logo, pois ansiedade descreve não só minha vontade de saber mais da trama que não foi muito explorada, como também ver meus digimons favoritos em batalha. Mesmo com esses pontos negativos, seria impossível uma nota diferente da que irei dá, não só pela nostalgia que vive revendo um dos meus animes favoritos, como também pelo crescimento e maturidade que a história apresentou, apesar de tudo.

AVALIAÇÃO



3 comentários:

  1. Aii Anderson! eu adorava digimon quando era pequena, mas ainda não vi essa nova versão.
    Fico feliz em ver que tu gostou, me da mais motivação para assistir :D

    Beeijo
    Resenhando Sonhos

    ResponderExcluir
  2. Bem, de toda forma eu sei que vou vê... Já tinha esquecido disso, mas você me fez lembrar... O carnaval vai imitar as férias e ser pequeno demais para tantas coisas a fazer!

    ResponderExcluir
  3. Faz tanto tempo que assistia isso que nem lembro mais direito hahah nem sabia que tinha continuação, mas pelo visto continua na mesma pegada!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem post sobre multitalentos no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir

Expresse-se