27 maio 2016

Resenha #55 - Mentira Perfeita!






Título: Mentira Perfeita
AutorCarina Rissi
Editora: Verus
Ano2016
Especificações: Brochura | 462 páginas
ISBN 9788576864585
 Sinopse
Com Mentira Perfeita, Carina Rissi prova mais uma vez que o seu forte é contar boas histórias, com ritmo acelerado e repletas de paixão, humor e reviravoltas. Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente... Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.
Cortesia Editora Verus (Grupo Editorial Record)

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************
 


 

Algumas pessoas passam pela vida em um cor-de-rosa infinito, cheio de boas lembranças e histórias engraçadas que serão sucesso nas festas de fim de ano. Eu não era uma dessas pessoas” (Júlia Muniz). 

E graças a essas palavras iniciais, eu passei os últimos quatro dias presos no universo desenvolvido pela Carina Rissi em “Mentira Perfeita”, que, sinceramente, trata-se de um livro muito fofo, engraçado e muito apaixonante (suspiro só de me lembrar de toda a história). 

Antes de falar do livro, preciso falar da Carina Rissi, pois eu fui atormentado por familiares (minha prima e minha tia para ser mais exato), amigos pessoais e do blog (Elizane, te empresto o livro quando quiser) que falavam que ela era uma autora muito boa e que as histórias eram engraçadas. Eu sempre tive receio de seguir indicação desde o John Green, pois “Cidades de Papel” cortou toda a possibilidade que eu teria de ler qualquer outro livro dele. Entretanto, Carina superou todas as minhas expectativas, principalmente por ser uma autora nacional (que é uma promessa que tenho comigo mesmo de prestigiar a literatura contemporânea nacional) e por conseguir fazer com que eu acabasse a leitura de um livro de 460 páginas em quatro dias (pode perguntar ao David o quanto eu sou lento com a leitura, principalmente de livros grandes). A Carina me deixou com muita vontade de ler os seus outros livros por causa de “Mentira Perfeita” e penso que começarei por “Procura-se um Marido”, que é livro que se passa no mesmo universo deste, porém ocorre alguns anos antes e com protagonistas diferentes. Em resumo: ela me conquistou totalmente.

 

Saindo um pouco da minha paixão pela Carina, deixem-me fazer um resumo do livro para vocês ficarem mais familiarizados com a história. “Mentira Perfeita” se passa alguns anos depois dos acontecimentos de “Procura-se um Marido” com o irmão mais novo de Max Cassani (um dos protagonistas do livro anterior), o Marcus, e uma jovem e tímida desenvolvedora de softwares, a Júlia. Júlia trabalha no departamento de TI da L&L (grande empresa de cosméticos do cenário) e está passando por sérios problemas com a sua Tia Berenice, que está muito debilitada de saúde e precisando de um transplante de coração. Em uma das crises que leva Berenice para o hospital e deixam todos sem esperanças de que ela volte para casa, Júlia (junto com o seu melhor amigo de infância, Dênis) acaba contando uma “mentirinha” para sua tia ficar mais calma e diz que está namorando alguém e que logo estará noiva dessa pessoa. Só que o problema é que Berenice teve uma melhora surpreendente e milagrosa e agora quer que sua sobrinha não só mostre o seu namorado, mas que o noivado seja feito o mais depressa possível. E para forçar tal situação, Berenice contrata um casamento caríssimo para a sobrinha com suas economias e fica cobrando a jovem garota para conhecer o seu namorado tão misterioso. Júlia poderia contar a verdade para a sua tia, senão fosse o fato dela ainda precisar de um transplante e o médico tê-la proibido de ter fortes emoções (e com certeza, saber que a sua Juju mentiu no leito do hospital poderia trazer grandes tristezas para Tia Berê e, possivelmente, o seu frágil coração poderia não suportar tal coisa). 

No meio de toda essa loucura na vida de Júlia, aparece Marcus Cassani e os seus olhos claros, sua barba rala, seus ombros largos, seus cabelos negros e... Não sei porquê lembro de tanta informação? (rs). Ele é um rapaz bastante aventureiro, que não leva a vida muito a sério, porém, desde o acidente de moto que lhe deixou em uma cadeira de rodas, muita coisa teve que mudar. No entanto, Max não tinha perdido o seu jeito mulherengo e cafajeste por está em cima de uma cadeira de rodas e as mulheres não pararam de chover em sua horta por causa desse detalhe. Com todas essas qualidades, Marcus se oferece para fingir ser o namorado de “mentirinha” de Júlia, porém, como a complicada desenvolvedora de softwares vai resistir a toda a malícia e sedução de Marcus Cassini? Como Júlia vai manter a mentira de que está namorando para a sua Tia Berenice, sem que ela morra de desgosto por descobri que todo o sonho que ela tinha de casar a sua sobrinha era mentira?

 
 

Com toda essa problemática, Carina desenvolve um enredo que me fez dormi algumas vezes de cinco horas de manhã nos últimos dias, pois os acontecimentos da trama me prendiam de uma forma, que eu ficava jurando que ia parar no próximo capítulo e quando observava, tinha lido mais cinco. A escrita da Rissi em “Mentira Perfeita” é em primeira pessoa e não é algo enfadonho com milhares de descrições minuciosas e diálogos sem graça. Na verdade, a escrita dela é bastante fluída e engraçada, pois, mesmo com a oscilação de narradores (Júlia e Marcus), Rissi sempre retirava momentos para fazer piadas com as peculiaridades de cada um dos personagens narradores e sempre deixava os términos dos capítulos com um mistério que forçava você ler o próximo. 

Além de tudo isso, eu preciso falar da construção dos personagens, porque a elaboração do caráter deles foi algo muito bem desenvolvido, pois todos os personagens não eram modelos de seres humanos perfeitos e intocados. Na verdade, até as motivações do grande vilão do livro (leiam se quiserem descobrir) é explicada de uma forma tão surpreendente, que eu e a Júlia ficamos surpresos de como não tínhamos pensado nisso antes (Desculpa, pessoal! Virei amigo da Júlia!). Em minha análise como leitor, a Carina foi muito feliz na construção de seus personagens, pois os acontecimentos que distanciam o casal, não se tratam de armação do vilão, e sim, das inseguranças que o Marcus (por ser cadeirante) e a Júlia (por não se achar atraente) possuem. Isso os trouxe para tão perto de mim, que eu consegui desenvolver uma empatia maior com os personagens e as suas aflições (e acabei ficando preso ao livro nos últimos dias). 

Fora essas questões sobre a escrita e enredo da Carina, eu preciso dizer que a edição ficou muito fofa. Mesmo não possuindo elementos especiais nas páginas, considero as cores e as imagens escolhidas para a capa e contracapa e toda a organização de livro ficaram completamente perfeitas. A capa diz muito da obra e possui referência com o livro anterior (Procura-se um Marido), onde ambos possuem uma garota vestida de noiva, porém, as feições de ambas estão muito relacionadas à personalidade das protagonistas. Tudo isso, considero ponto positivo do todo do livro, pois o deixou muito mais interessante e chamativo. 

Depois de tudo isso que eu comentei, penso que fica visível que eu gostei muito do livro e eu pretendo acompanhar as obras da Carina Rissi de agora em diante, né? (Imagina, Glauber!). Passei a considerar ela uma ótima leitura para entretenimento em tardes desanimadas, ou em viagens de ônibus longas (principalmente, em viagens de ônibus). 

Minha avaliação para o livro vai ser cinco estrelas (só porque eu não posso dá seis, tá?), porque eu amo histórias românticas com finais felizes e a Carina me proporcionou uma experiência maravilhosa com “Mentira Perfeita”. Leiam e comentem a opinião de vocês para a gente debater um pouco aqui nos comentários, pessoal! 

Abraços e até a próxima!


Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista. Seu primeiro livro, Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo, foi publicado na Alemanha, onde entrou para as listas de mais vendidos. Procura-se um marido é seu segundo livro.


22 comentários:

  1. Ai eu tenho mas ainda não li por não ter lido ainda o Procura-se um marido, espero em breve poder ler, e amar. Afinal tudo que leio da Carina eu me apaixonou.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não li o "Procura-se um marido", porém, segundo o Thiago no Mochilão da Record, não precisa esperar para ler o "Mentira Perfeita" depois do "Procura-se um Marido", pois o livro é um spin-off (se passa no universo do livro anterior, porém, não é uma continuação para que seja necessário a leitura do livro anterior).
      Depois que terminei "Mentira Perfeita", fiquei louco para ler "Procura-se um marido", então, se você não conseguir esperar, se joga nos braços do Marcus, para depois conhece o Max com carinho (rs).

      Obrigado pelo comentário!

      Abraços!

      Excluir
  2. Ooi! Confesso que após ler os três livros já publicados da série Perdida, com certeza são bem melhores que esse em sentido de enredo e personagens :x "Mentira perfeita" fora meu primeiro contato, realmente, com a escrita da Rissi, e ela me surpreendeu e superou minhas expectativas em relação à escrita dela, e o enredo em si também foi bom, mas teve uns pontos negativos que após a leitura me fez ficar um pouco irritada, mas ainda está na lista de releituras :D Mas, definitivamente, não é o melhor livro da autora.
    Abraços e parabéns pela resenha e fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! :3

      Eu nunca tinha lido os livros da Carina, por mais que todo mundo me enchesse o saco para ler os livros dela, porém, eu gostei muito do "Mentira Perfeita" (Como dá para perceber na resenha rs).
      Não sei se a minha opinião vai vim a mudar com o tempo, porém, vou tentar ler os demais livros dela nos próximos meses e me esbarro com você pelos comentários da vida (rs).

      Obrigado pela sua opinião!

      Abraços!

      Excluir
  3. Oiii Glauber, tudo bem?
    Eu tenho uma grande vontade de ler essa obra, e diante dessa sua resenha só aumentou a minha vontade de tê-lo nas minhas mãos. É uma premissa que realmente desperta meu interesse. Lerei com toda certeza, adorei as fotos! Faz avaliação valendo 10hauhauahha
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgana!
      Estou bem, obrigado! :3

      Leia! Leia quando puder, pois o livro é muito lindo e eu estou pensando em reler ele, pois amei a história de amor da Júlia e do Marcus. A Carina me deixou muito apaixonado pelos dois e eu realmente espero que ela traga eles de volta em algum momento.
      Sobre as fotos, foram algumas tirada pelo David e outras tiradas por mim. Agradecemos ao elogio (a com bonecos e bichos de pelúcia é minha, tá? rs).

      E vou levar a sugestão de mudança de avaliação para o David!
      Vai que cola rs

      Abraços!
      Valeu pelo comentário!

      Excluir
  4. Oi, adorei a sua resenha, pois foi bem detalhista e despertou ainda mais a minha curiosidade em ler esse livro e outras obras da Carina. Eu só li Perdida, e já amei a escrita dela e pretendo tirar um mês só para ler os livros dela, pois ela escreve personagens apaixonantes e parece que todos ficam felizes no final, um bom e belo chick lit os livros dela. Eu amo chick lit e por amar também sua escrita vou correndo adquirir esse livro para lê-lo. Entendi sua paixão pela autora e também sinto o mesmo,kkkkk.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh! Thaty... Que ótimo que não sou só eu! rs

      Concordo com tudo que disse, principalmente da parte sobre personagens apaixonantes, e eu pretendo tirar tirar um tempo para ler todos os livros dela também, pois estou muito apaixonado pelos livros dela.

      Valeu pela sua opinião e obrigado pelos elogios! :3

      Abraços!

      Excluir
  5. Oii,

    Confesso que não li ainda nenhum livro da Carina, mas pretendo fazer isso em breve. Mas sei que todos falam bem dela e desse livro que saiu. E estou bem curiosa em conhece-lo.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Eu super indico esse livro da Carina! Depois que eu ler os outros, senão houver resenha deles no blog, eu vou resenhar com certeza para deixar o pessoal ciente dos livros dela. Se possível, tente ler "Mentira Perfeita", pois é um livro muito divertido e leve para se ler! (Caso se arrependa, pode vim falar comigo rs)

      Obrigado pelo comentário!

      Abraços!

      Excluir
  6. Oi!
    Que resenha incrível! Gostei muito!
    Minha prima vive insistindo para que eu leia esse livro, mas eu sempre "deixo para depois" com medo de não gostar tanto assim, pois é um gênero que costuma não me agradar muito. Depois de ler a resenha eu fiquei tentado a pegar para ler... Quem sabe haha'
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vitor!

      Obrigado pelo elogio, rapaz! :3
      Então, sobre esse livro da Carina, posso te dizer que se você gosta de história romântica que foca na relação do casal e tem uma dose forte de comédia (com um pouco de realismo... bem pouquinho rs), você vai se agradar desse livro.
      A escrita da Carina é tão leve que eu li um livro de 460 páginas em quatro dias (isso é um recorde para mim, pois eu deveria demorar um mês para fazer isso rs). Então, se você se sentiu tentado, amigo... Renda-se a tentação!
      Caso não goste, pode vim reclamar comigo rs

      Obrigado pelo comentário e pelos elogios!

      Abraços!

      Excluir
  7. Eu nunca li nenhum livro da autora. Tenho perdida na estante mas nunca me interessei em pegar pra ler. Acho que os enredos que ela escreve não me chamam muita atenção.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Débora!

      Entendo bem o que é isso. Tenho esse problema com o John Green, pois tenho "A culpa é das estralas" na estante e ele nem saiu do plástico rs
      Entretanto, se você gostar de livros que tenha essa pegada romântica e fofa, que gosta de trabalhar as minúcias do psicológico dos personagens... Dê uma chance para a Carina!
      Ela é boa nisso (pelo menos, eu achei).

      Obrigado pelo seu comentário!

      Abraços! :3

      Excluir
  8. puxa!!!

    que resenha!!!

    ainda não li o anterior, então preciso ler esses dois e logo!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise! :3

      Obrigado pelo elogio! *-*
      Leia quando puder os livros da Carina, moça!
      Principalmente, esses dois, pois eu estou correndo para terminar o período e me jogar em "Procura-se um marido".

      Valeu pelo comentário *--*

      Abraços!

      Excluir
  9. Olá, ainda não li nada da Carina, e mesmo com ótimas críticas não sei se lerei algo tão já...
    Gostei bastante da sua resenha, da forma como relatou os acontecimentos do enredo, fiquei curiosa para saber mais sobre o desfecho.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raquel!

      Eu amo muito contar spoiler, porém, o David não permite que eu conte spoiler, pois se eu contar, ele me expulsa do blog (rs) Entretanto, posso dizer que parece que vai ser uma história chata, porém, as tramas paralelas deixar o livro bem interessante em vários momentos...

      Obrigado pelo comentário!

      Abraços!

      Excluir
  10. Arrasou!!
    Eu ganhei esse livro de aniversário no começo do mês e ainda não consegui ler, mas sei que vou amar, pq né, Carina é Carina. Essa mulher tem o dom!
    Doida pra conhecer Marcus! *___*
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadooo!! rs

      Você disse tudo! Carina é Carina! Sobre o Marcus, amiga... Vai com fé, pois ele pode ser metido, chato e irritante, porém, não tem como não gostar dele depois.

      Obrigado pelo comentário e pelo elogio *--*

      Abraços!

      Excluir
  11. Amo a Carina mesmo sem ter lido um livro se quer dela. Doideira? Talvez, mas só escuto coisas boas sobre ela, acredito que essa seja a razão. Não vejo a hora de poder ler todos!! *-*

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando puder, Thay! Leia!

      Eu gostei muito dela e ela não me decepcionou, então, espero que ela não te decepcione (coisa que eu duvido muito). Quando ler e quiser dá opinião aqui, super aceito!

      Obrigado pelo comentário!

      Beijos :*

      Excluir

Expresse-se