Cinema #145 - Lego Batman: O Filme!





Título: Lego Batman: O Filme
Gênero: Animação
Direção: Chris McKay
Elenco: Ralph FiennesRosario Dawson, Will Arnett, Zach Galifianakis
Roteiro: Seth Grahame-Smith
Produção: Dan Lin, Phil Lord, Roy Lee
Duração: 90 min.
Estúdio: Animal Logic / DC Entertainment / LEGO System A/S
 Sinopse
Derivado de Uma Aventura Lego, trará novas aventuras do Homem-Morcego (Will Arnett) que descobre que acidentalmente adotou um garoto órfão - ninguém menos que Robin (Michael Cera). A dupla formada pelo Homem-Morcego e o empolgado ajudante deve combater o crime e prender o Coringa (Zach Galifianakis)


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



Com certeza essa é uma animação para dá altas gargalhadas. Se você estava com medo de arriscar um filme Lego no cinema, eu só tenho a indicar. 'Lego Batman: O Filme' foi um passatempo divertido, cheio de cenas mirabolantes e personagens doidos que arrancam sorrisos da gente sem nem ao menos precisar de muito esforço.

Não trama iremos conhecer uma nova perspectiva do nosso Homem-Morcego. Após todo o sucesso roubando a cena na animação lego de 2014, 'Uma Aventura Lego', Batman ganha seu filme solo para contar mais sobre sua própria história. Aqui, ele está mais egocêntrico e solitário do que nunca. Acontece que o protetor de Gothan City não quer manter parceria com ninguém, ou criar laços, vivendo na solidão e na escuridão, enquanto combate o crime diariamente. Mas um plano do Coringa faz com que todos os seus vilões tentem explodir as pilastras subterrâneas que sustentam a cidade de Gotham City, e Batman, como sempre, precisa salvar o dia. Em meio a socos e chutes, Coringa expressa seus sentimentos quanto a relação que ele e Batman possuem (herói e arqui inimigo), o que para o Homem Morcego, está totalmente errada, já que ele não quer assumir que tem um super vilão, pelo contrário, todos os vilões são banais para ele. Em uma discussão e outra, um perigo maior acaba se formando e o destino de Gothan City dependerá de Batman aceitar que sozinho não tem como deter essa ameaça.


Eu classificaria esse filme como algo simples, porém divertido. 'Lego Batman: O Filme' traz um apurado de referências, brincando não só com filmes da DC Comics já produzidos para o cinema, como também com as HQs e seriados. Fora isso, ainda temos citação a outras franquias de sucesso produzidas pela Wanner Bross, como 'Harry Potter' ou 'Senhor dos Anéis', e isso atribui a trama um ar ainda mais aleatório e cômico. A todo instante a produção esta brincando e ressaltando piadinhas, enquanto o personagem principal precisa lidar com situações de peso, reforçando a mensagem central de que todos precisamos de alguém.

Com experiência de quem tem acompanhado os mais novos longas da DC, essa animação é com certeza a que mais fez sentido e o melhor. Além de ter todos seus pontos esclarecidos, trabalha todos os subnúcleos com muita perfeição, desde o drama e ação, a comédia e o romance. O enredo abre espaço para falar de perda e construção familiar, quebrando os moldes da visão tradicional de família e expandindo ela para uma amplitude ainda maior. E esse, meus caros, é com certeza o ponto alto de tudo.

Mas não se deixe se ater apenas pela mensagem legal e bonita que a animação traz. Batman é um personagem doido e muito mesquinho por quem você vai ganhar afeição logo nos primeiros momentos. Apesar de todas as burradas que ele faz, é impossível não se envolver com seu drama e seus dilemas. No fundo ele só quer proteger todos o que ama, uma tarefa difícil que envolve enfrentar seus próprios medos.


Com certeza, esta mais que indicada essa diversão. Se você já havia curtido a vibe de 'Uma Aventura Lego', então 'Lego Batman: O Filme' é uma sequencia da produtora tão boa quanto o anterior. Com muita comédia e piadas com referência, deixe cada instante da história te envolver por uma sensação de graça e emoção.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se