08 março 2017

Coluna: Na Tela #37!



Hoje eu vim roubar o lugar do Anderson e trazer a coluna para vocês, indicando uma série que estreou na minha grade mês passado e olhe, me viciei! Pois é, estou falando do mais novo amorzinho FreeForm, 'Beyond'. Se você gosta de ficção cientifica, então essa é sua praia!











Um rapaz acorda de um coma de 12 anos e descobre que além de ter o emocional de um adolescente no corpo de um adulto, ganhou poderes sobrenaturais. Algns de seus amigos e familiares o acompanharam durante o coma, enquanto outros não tiveram tanta força, e ele vai ter que lidar com isso enquanto tenta entender a conspiração que parece se desvelar ao seu redor em decorrência de seus novos poderes.



Elenco:
Burkely Duffield (Holden Matthews), Jordan Calloway (Kevin McArdle), Dilan Gwyn (Willa Frost), Jeff Pierre (Jeff McArdle), Jonathan Whitesell (Luke Matthews), Michael McGrady (Tom Matthews), Romy Rosemont (Diane Matthews), Erika Alexander (Tess Shoemacher), Eden Brolin (Charlie Singer), Alex Diakun (Arthur), Chad Willett (Pastor Ian), Peter Kelamis (Man in the Yellow), Martin Donovan (Isaac Frost).


'Beyond' é a nova série de drama e ficção cientifica da emissora FreeForm. A aposta do seriado é envolver os mais diferentes públicos, por isso temos dentro de sua trama, diversos outros subtemas como sobrenatural ou fantasia. Sua estreia aconteceu no dia 02 de janeiro de 2017 e todos os seus episódios saíram juntos, totalizando dez episódios. Atualmente o seriado  está com a média de 7,4 no site IMDb, uma nota considerada boa.

Eu pessoalmente adorei a série. Comecei assistindo a trama de forma despretensiosa e logo, estava viciado. Foi complicado aguardar diversas semanas enquanto as legendas não saiam. A história de Holden é muito envolvente e traz muitos mistérios que ao telespectador, tornam-se cada vez mais envolvente. A proposta sugerida pela direção é diferente, em sua totalidade. Em grande parte o seriado se assemelha a uma ficção cientifica que está se construindo, apresentando momentos eletrizantes e bem legais para você que é fã do gênero. Claramente que nem tudo é explicado e confesso, que preciso de uma continuação para que elementos explorados na trama sejam melhor desenvolvidos, já que a complexidade de tudo é bem maior e as coisas não ficam muito claro nesse primeiro momento da história, onde seguimos a volta de Holden após os doze anos de coma, e a insegurança de descobrir o que ele é agora.

Todas as atuações na série foram incríveis, e pessoalmente, não tem nenhum ator que não me convenceu no seu papel. Claramente que temos os holofotes roubados mais por alguns personagens do que outros. Aqui no caso fica com Eden Brolin, nossa Charlie. Essa personagem surgem aleatória na história, mas seu poder é tão interessante, ou maneira como tenta lidar com os eventos a sua volta. Sinceramente, rainha de tudo viu! Mais um caso do personagem secundário que atropela o protagonista.

Sendo uma série FreeForm, evidentemente os efeitos visuais não são de melhor qualidade. Essa emissora tem um sério problema com a criação de ambientes, e os locais místicos ficam aparentemente mal feitos, mas pessoalmente, não afetou muito minha avaliação da série, já que estava mais envolvido no drama dos personagens do que no lado científico da coisa. 'Beyond' trabalha um diálogo muito legal entre religião e ciência e esse debate gera diversas críticas ao fanatismos existente em ambas as crenças. Com certeza, nesse aspecto, a direção dá um show.

AVALIAÇÃO

No mais, só tenho que recomendar esse seriado que me agradou tanto. O drama dos personagens é muito bem desenvolvido e não ficam qualquer brecha para que você não se envolva com eles. Apesar de todos os plots e clichês já mostrados em tantas outras séries, essa com certeza fica na minha grade e já torço para uma  renovação.


E ai, curtiu nossa indicação?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse-se