Resenha #124 - Mau Começo (Desventuras em Série Vol 1)!





Título: Mau Começo
Coleção: Desventuras em Série
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte 
Ano: 2001
Especificações: Brochura | 152 páginas
ISBN: 13: 9788535900941 
 Sinopse
Num planeta em guerra, numa galáxia em que quase todos os seres estão conectados por uma energia misteriosa chamada “a corrente” e cada pessoa possui um dom que lhe confere poderes e limitações, Cyra Noavek e Akos Kereseth são dois jovens de origens distintas cujos destinos se cruzam de forma decisiva. Obrigados a lidar com o ódio entre suas nações, seus preconceitos e visões de mundo, eles podem ser a salvação ou a ruína não só um do outro, mas de toda uma galáxia. Primeiro de uma série de fantasia e ficção científica, Crave a marca é aguardado novo livro da autora da série Divergente, Veronica Roth, que terá lançamento simultâneo em mais de 30 países em 17 de janeiro, e surpreenderá não só os fãs da escritora, mas também de clássicos sci-fi como Star Wars.

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


A vida dos irmãos Baudelaire não é fácil. Na verdade, ela é uma fatídica sequência de acontecimentos desastrosos. Quando Klaus, Sunny e Violet Baudelaire perdem seus pais para um misterioso incêndio, são obrigados a morar com seu parente mais próximo, Conde Olaf, um ator falido que parece não ter escrúpulos e só anseia colocar as mãos na fortuna que as crianças herdaram. Seriam eles capazes de escapar desse verdadeiro carcereiro?

Definitivamente, esse foi um 'Mau Começo' para mim. A saga 'Desventuras em Série' pode até possuir seu charme, agradar um grande público, mas a mim, ela deixou a desejar.

Escrita pelo autor fictício e personagem Lemony Snicket, pseudônimo de Daniel Handler, a obra traz uma narrativa confusa, morna e muito incômoda, de forma que os momentos de ironia e comédia são os pontos que salvam a leitura. 

Apesar de ser uma leitura rápida, 'Mau Começo' me chateou em dois específicos pontos. O primeiro é a forma como os adultos no livro são tão "dementes", "lerdos" e incapazes de enxergar a veracidade de certos fatos mesmo estando bem na sua frente. Eles são inocentes, toscos e esse tipo de humor me pareceu extremamente forçado. O mesmo posso dizer do narrador, que vai contando e dando opiniões sobre a situação dos irmãos. Suas intromissões na trama são sempre irrelevantes ou sem qualquer nexo, vezes ou outra, surgindo para explicar palavras que o leitor sabe pelo menos basicamente o que é, como "saudade", "tristeza" e outros tipos de sentimentos ou significados. Essa forma de enxergar o leitor como alguém incapaz de fazer essas deduções meio que subestima nossa capacidade e gera interrupções na trama que me incomodaram infinitamente, de forma que quando eu finalmente começava a mergulhar na trama, era barrado por algum posicionamento tosco.

O que salva na realidade, pelo menos para mim, é a dinâmica entre os irmãos protagonistas. Eles são engraçados, inteligentes e muito dispostos a resolver os problemas e solucionar os mistérios. Seu total comprometimento um com o outro, a fidelidade, a maneira como se protegem, foi algo que apreciei e por esse motivo talvez dê continuidade a série, mas não no momento. Lemony Snicket pode até ter conquistado uma legião de fãs, mas comigo, a química não rolou. Esse narrador foi sem dúvidas o que mais me chateou e o que me faz desmotivar.


Daniel Handler (nascido em 28 de fevereiro de 1970 em São Francisco) é um escritor e cineasta americano. Ele escreveu os romances The Basic Eight e Watch your Mouth. É casado com Lisa Brown, artista gráfica que conheceu na universidade.
Originalmente, Handler utilizava o codinome Lemony Snicket ao invés do seu próprio nome na lista de correio de diversas organizações de extrema direita que ele pesquisava para escrever um de seus livros. Isso se tornou uma espécie de brincadeira entre os seus amigos, que costumavam pedir pizzas sob o nome. Como Lemony Snicket, Handler escreve uma série de livros chamada Desventuras em Série, sendo que Snicket faz parte de história assim como seus irmãos e a mulher que amava. Atualmente há treze livros lançados da série, junto com sua "Autobiografia Não



Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se