05 junho 2017

Resenha #139 - Opala (Saga Lux Vol 3)!





Título: Opala
Coleção: Saga Lux Vol 3
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Editora Valentina
Ano: 2017
Especificações: Brochura | 416 páginas
ISBN: 13: 9788558890397
 Sinopse
Ninguém é igual ao Daemon Black. Quando ele prometeu que iria provar seus sentimentos por mim, não estava brincando. Nunca mais vou duvidar dele. E agora que conseguimos finalmente aparar nossas arestas, bem... Tem rolado muita combustão espontânea. Mas nem mesmo ele pode proteger a família dos perigos de tentarem libertar aqueles que amam. Depois de tudo o que aconteceu, já não sou mais a mesma Katy. Tornei-me uma pessoa diferente... E não sei bem o que isso vai significar no final. Quanto mais nos aproximamos da verdade e nos colocamos no caminho da organização secreta responsável por torturar e testar os híbridos, mais me dou conta de que não existe limite para o que sou capaz de fazer. A morte de um ente querido continua afetando a todos, a ajuda surge do lugar mais improvável, e nossos amigos irão se tornar nossos piores inimigos, mas não podemos voltar atrás. Mesmo que com isso estejamos arriscando destruir nosso mundo para sempre. Juntos somos fortes... e eles sabem disso.
Cortesia Editora Valentina // Site e Facebook da Editora  

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


"Jamais confiem em alguém que tenha alguma coisa a ganhar ou perder."

Começando com essa passagem nos vamos embarcar nessa resenha do terceiro volume da 'Saga Lux', 'Opala'. Essa citação retrata bem o clima do livro, em quem podemos confiar?


'Opala' tem uma pegada muito semelhantes aos seus antecessores, deixando nós leitores em um terreno um tanto familiar, o que para mim foi um ponto muito excelente. Jennifer L. Armentrout escreve de uma forma tão magnifica que você começa a ler e quando vai ver já leu metade do livro num pulo. Isso para mim é um ponto muito positivo quando se trata de romances um tanto longos. Também acho incrível como a tradução trouxe ao texto uma linguagem mais adolescente, fator esse que só dá a obra algo a mais. A autora consegue a façanha de nos cativar em um romance um tanto clichê. Tanto Daemon quando Katy são ainda melhores desenvolvido em 'Opala' e a sua relação está muito mais solidificada. Os laços que encantaram os leitores nos primeiros volumes, vão fazer você transbordar ainda mais nesse terceiro.

Nessa continuação temos num primeiro instante a inclusão do irmão gêmeo de Daemon e um desenvolvimento, mesmo que pouco, de seu personagem, até então apenas citado e que agora estava envolvo no ambiente dos demais. A autora desenvolveu o personagem de uma forma muito boa visto que ele é um personagem secundário e não poderia roubar o foco dos protagonistas. Vemos também um desenvolvimento dos acontecimentos de 'Ônix', o que foi muito bom porque não deixou as coisas no esquecimento.

"Tinha lido algo sobre as leis do universo que dizia que acreditar de verdade fazia com a coisa acontecesse."


Armentrout tem uma forma muito boa de não nos deixar esquecer o que aconteceu nos demais livros, sempre fazendo referências diretas aos acontecimentos passando, de forma que  nós leitores, caso tenhamos esquecido de alguma coisa, possamos lembrar de tudo. Isso para mim é mais do que necessário já que me esqueço das coisas com facilidade.

Uma coisa muito legal que venho percebendo é que a autora faz um belo jogo com os nomes dos livros; cada livro de um nome de uma pedra e cada pedra tem uma importância na história como, por exemplo, a obsidiana que serve para matar os Aurum ou para saber se existe um por perto, a ônix que faz mal para os Luxens. E agora a opala que lhes dá força extra. Achei esse jogo de escolhas uma coisa magnifica, visto que isso se reflete também nas cores das capas. Tudo é muito bem esquematizado.

Por falar das capas, uma coisa maravilhosa que a Editora Valentina fez tanto com 'Opala' quanto com seus antecessores, foi que ela manteve a arte original o que é ótimo porque não poderia ter outro Daemon que não fosse Pepe Toth.
"O que você quer dizer é que sempre me achou incrivelmente gostoso e que não conseguia tirar os olhos de mim."

No mais eu amei esse livro profundamente. Essa saga é incrível, os personagens são maravilhosos e a autora sabe muito bem te envolver na trama. Obrigado Samla por me apresentar essa saga <3



Jennifer L. Armentrout vive no oeste da Virginia. Quando não está escrevendo, ela passa seu tempo lendo, trabalhando, vendo filmes de zumbis, e fingindo escrever. Ela divide sua casa com o marido, um parceiro K-9 chamado Diesel, seu hiper Jack Russell Loki, e sua tartaruga de estimação chamado Michelangelo. Seu sonho de se tornar autora começou na aula de álgebra, onde ela passou o tempo escrevendo contos. Jennifer escreve livros Adultos e Jovens Adultos, fantasia e romance.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse-se