06 agosto 2017

Resenha #154 - O Mistério da Estrela: Stardust!






Título: O Mistério da Estrela: Stardust
AutorNeil Gaiman
Editora: Rocco
Ano2008
Especificações: Brochura 288 páginas
ISBN13: 9788561384357
 Sinopse
Na Inglaterra da era Vitoriana, está a vila solitária que tira seu nome de uma imponente barreira de pedra que rodeia a fértil terra. A calma de muro é interrompida a cada nove anos, quando o mortal e o mágico se encontram numa feira única.
Cortesia Editora Rocco




**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


Surpreendentemente mágico. Não consigo pensar em outro termo para descrever a narrativa de Neil Gaiman em 'O Mistério da Estrela – Stardust', pois o enredo possui toda a magia e fantasia de “contos de fadas”, mas os seus personagens, mesmo sendo bem fantasiosos, são mais humanos e bem mais cativantes.

A história é narrada em terceira pessoa com o narrador onisciente e gira em torno de um grande acontecimento da Terra Encantada: a queda de uma estrela. Normalmente, estrelas não caem do céu na Terra Encantada e é caracterizado como um acontecimento raro, porém, é um acontecimento valiosíssimo, pois a magia que envolve a existência de uma estrela é importante para muitos. Mesmo com toda a ambição envolvendo o poder que a estrela caída poderia proporcionar, o jovem Tristran Thorn assistia o momento exato da queda da estrela e prometeu a sua amada, Victoria Forester, a estrela caída em troca de sua mão. 

No entanto, Tristran mora no vilarejo de Muralha, lugar no mundo real que possui uma muralha dividindo a Terra Encantada do nosso mundo, e decidiu se aventurar pelo reino desconhecido para conseguir se casar com Victoria. Em sua busca, Tristran é o primeiro a encontrar a estrela caída e acaba se surpreendendo com ela, pois a estrela, que o rapaz pensava ser uma pedra do espaço, era uma jovem muito bela chamada Yvaine. O rapaz tinha uma longa caminhada ao lado da estrela para levá-la até sua amada, mas a sua missão de conseguir a mão de Victoria será bastante difícil, pois algumas pessoas também querem Yvaine para si, inclusive as Lilim (rainhas das bruxas, que querem o coração da estrela para manter sua juventude).

Com esse enredo cheio de personagens cativantes e motivações humanas, Gaiman nos presenteia com uma narrativa dinâmica e cheia de acontecimentos e reviravoltas, pois, mesmo que pareça uma história de fantasia “clichê”, o leitor se surpreende com a forma que todos os núcleos da história convergem. Isso ocorre não só pela estrela possuir o papel central e todos os personagens buscarem tirar proveito dela, mas sim, pelo fato do desfecho se mostrar de forma mágica, em que todos os problemas são resolvidos de forma ideal sem ser forçado. 

A escrita de Gaiman possui um caráter único, pois conseguiu transmitir a magia da Terra Encantada para mim com sucesso, além de me prender com o romance de Dunstan Thorn e a “desconhecida” escrava. Gaiman consegue dosar o romance, o mistério, a magia e as disputas de forma ideal, pois você vai desvendando aos poucos os mistérios envolvendo a jovem estrela e o próprio Tristran. O jogo de descoberta desenvolvido pelo autor é realmente mágico, pois, mesmo conhecendo boa parte da história pela adaptação cinematográfica, fui pego de surpresa por diversas informações e ganchos deixados na narrativa.

Além da narrativa maravilhosa, preciso parabenizar a Rocco pelo trabalho desenvolvido na edição do livro, pois a edição é muito linda, contendo diversos detalhes, como: a capa com detalhes dourados, ilustrações dentro do livro, entre outras coisas. Realmente, 'O Mistério da Estrela – Stardust' é um livro que amarei ter em minha estante, porque ele é lindo tanto em sua edição, quanto em sua história e narrativa completamente mágica. 

Sobre o todo, é perceptível que estou imerso no universo MÁGICO de 'O Mistério da Estrela – Stardust' (também é perceptível que repeti muito a palavra ‘mágica’ durante toda minha resenha), pois foi uma ótima leitura para minhas férias e realmente me cativou como uma ótima história de fantasia. Fiquei com receio de entregar acontecimentos importantes, pois essa história contém informações importantes desde o princípio, então, peço para que leiam e se encantem com a Terra Encantada, porque é uma história muito instigante e (para não perder o costume) mágica. Minha avaliação vai ser cinco estrelas, pois foi uma das poucas histórias de fantasia que me arrisquei a ler e estou encantado com o universo apresentado.



Neil Gaiman nasceu em 1960, na cidade de Portchester, Inglaterra. Desde pequeno, demonstrou sua ligação com os quadrinhos. Seu trabalho mais conhecido é "Sandman", que o imortalizou entre os fãs de HQs. Por 75 números, Gaiman e "Sandman" foram se tornando cada vez mais famosos. A série tornou-se o carro-chefe do selo Vertigo, destinado a um público geralmente adulto que não queria mais saber de super-heróis. O autor ganhou reconhecimento da crítica ao receber prêmios ao redor do mundo, entre eles o prestigiado World Fantasy Award, geralmente concedidos apenas a obras em prosa.
Entre outros vários trabalhos com HQs, romances e roteiros, Gaiman publicou os livros "Coraline", "Deuses Americanos" e "O Livro do Cemitério".



3 comentários:

  1. Olá, Glauber.
    Eu já li três livros do autor e infelizmente acabei não gostando de nenhum deles. mas como gostei bastante do filme e todo mundo fala que esse é um dos melhores livros dele, acho que ainda vou querer ler e quem sabe eu mude minha impressão sobre ele. Sua resenha foi mágica, hehe, parabéns!

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi, Glauber!
    Eu só assisti a adaptação desse livro e é um dos meus favoritos da vida <3 Ainda não li o livro, mas muitos me disseram que não é dos melhores, como a Sil falou ali em cima. Mas que bom que você gostou.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  3. Oi David,

    Eu nunca li nada do autor, mas tenho muita vontade, eu só tenho dúvidas sobre qual livro começar..
    Gostei de saber que a leitura é instigante, fiquei bem curiosa com sua resenha, acho que quero ler.
    Te indiquei numa Tag no blog.. ;)

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir

Expresse-se