12 outubro 2017

Resenha #165 - Crooked Kingdom (Six Of Crows Vol 2)!




Título: Crooked Kingdom - Vingança e Redenção
Coleção: Six Of Crows Vol 2
Autora: Leigh Bardugo
Editora: Gutenberg
Ano: 2017
Especificações: Brochura |448 páginas
ISBN: 13: 9788582354568
 Sinopse
“Confiar na pessoa errada pode custar a própria vida.”
Após se safarem milagrosamente de um ousado e perigoso assalto na notória Corte do Gelo, Kaz Brekker e sua equipe se sentem invencíveis. Mas o destino está prestes a dar uma perigosa guinada e, em vez de dividir uma vultosa recompensa, os seis comparsas terão que se munir de forças, de armas e de seus talentos para lutar pelas próprias vidas. Traídos e devastados pelo sequestro de um valioso membro da equipe, o Clube do Corvo agora conta com poucos recursos e aliados, e quase nenhuma esperança. Enquanto isso, forças descomunalmente poderosas se abatem sobre Ketterdam para desenterrar os segredos mais sombrios da potente droga conhecida como jurda parem, ao passo que antigos rivais e novos inimigos surgem para desafiar a perspicácia de Kaz e testar a frágil lealdade de seus parceiros. Agora, todos terão de enfrentar seus próprios demônios, e será preciso muito mais do que sorte para sobreviver à guerra que está se armando nas ruas obscuras e tortuosas desse implacável submundo – uma batalha por vingança e redenção que decidirá o futuro do mundo Grisha.
Cortesia Grupo Editorial Autêntica (Editora Gutenberg)


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************

Sem luto, sem funerais!

Uma duologia inteligente, um segundo volume que quebra a regra de ruim; um livro espetacular que prova que a obra não precisa ter um plot pronto, somente uma autora ousada e inovadora. Em 'Crooked Kingdom' Leigh Bardugo quebra as regras e vai construindo diversos plots conforme a trama vai se desenrolando ao som de personagens magníficos e cheios de personalidade, jogados em um cenário brutal e verdadeiro.

Kaz e seu bando estão determinados a conseguir sua vingança. Depois da fadada reviravolta inesperada em sua missão de resgate, Mãos Sujas planeja um novo e perigoso plano para conseguir seu dinheiro e derrotar seus inimigos. Mas que custos esse jogo todo terá?


Narrado em primeira pessoa 'Crooked Kingdom' acompanha todos os personagens da trama, mudando seu narrador de capítulo para capítulo. E isso é maravilhoso, porque a amplitude de tudo é gigantesca. O leitor se vê complacente a todos os personagens ao mesmo tempo que torce e se identifica com todos. Leigh Bardugo se mostrou brilhante mais uma vez, recheando sua obra de diálogos inteligentes, momentos imprescindíveis e cenários marcantes em uma escrita fluída e poética que envolve o leitor da primeira a última página.

Podemos enfrentar todo tipo de dor. Mas é a vergonha que devora o homem.

O ponto mais alto dessa duologia é sem duvidas seus personagens, fortes, amáveis e inesquecíveis. Desde o volume anterior, 'Six Of Crows', que havia me apegado a todos esses protagonistas. Esse laço só se fortaleceu com a chegada do desfecho. A astúcia de Kaz e a coragem de Inej tornam eles apaixonantes, o típico casal que você conhece e sabe que irá sofrer até o último momento da trama. Mas a química deles não é a única que funciona com perfeição nesse livro cheio do imprevistos. Tanto Nina e Mathias quanto Jesper e Wylan trabalham excelentemente bem. O jogo de duplas que a autora faz nesse volume e um bônus maravilhoso.

Depois da "Trilogia Grisha" Leigh Bardugo já tinha me encantado. Suas mitologias ricas e personagens bem descritos tornam "Six Of Crows" um aperitivo ainda mais deliciosamente atrativo. Com uma escrita madura e protagonistas que beiram o real, "Crooked Kingdom" não foi o final que eu esperava; foi ainda melhor.



Leigh Bardugo nasceu em Jerusalém, foi criada em Los Angeles, e graduou-se na Universidade de Yale. Agora vive em Hollywood e se entrega ao seu gosto por glamour. Seu primeiro romance, Shadow & Bone, agora é um Best Seller do The New York Times. Os direitos de Shadow and Bone foram comprados pela Dreamworks.


4 comentários:

  1. Oii David

    Essa dualogia é incrível mesmo. Já tinha lido a trilogia Grisha e confesso que teve seus altos e baixos e não me convenceu completamente mas Six of Crows é fabulosa, a Leigh Bardugo evoluiu demais como autora e os personagens que ela criou, especialmente o Kaz, a Inej e a Nina, são tremendos

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      Pois é. Eu adoro a trilogia Grisha, é uma das minhas favoritas, por mais que eu tenha odiado os romances que se formaram la e o desfecho que tudo teve, mas essa duologia é sensacional. Ela cresceu demais como autora. Esses personagens são tudo o que você quer e um pouco mais. Todo mundo pode se identificar pq eles são muito diversos e eu amo isso.


      Abraços
      David
      http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Oi, David!

    Essa duologia não é muito meu estilo, mas fico feliz que você tenha curtido. Gosto bastante de livros que possuem diversos narradores, porque a gente pode observar a história de um jeito diferente, nos dá uma perspectiva mais ampla das coisas.

    Beijos,
    Isa
    Viciadas em Livros
    Participe do Amigo Secreto Literário do Viciadas em Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Re!
      Uma pena que não curta muito o gênero. Porque é uma duologia incrivel! Caso um dia queira da uma chance, espero que possa começar por essa.


      Abraços
      David
      http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

      Excluir

Expresse-se