18 novembro 2017

Cinema #41 - Liga da Justiça!





Título: Liga da Justiça
Gênero: Ação
Direção: Zack Snyder
Elenco: Amber Heard, Amy Adams, Ben Affleck, Billy Crudup, Ciarán Hinds, Connie Nielsen, Daniel Stisen, Diane Lane, Erin Eliza Blevins, Ezra Miller, Gal Gadot, Henry Cavill, J.K. Simmons, Jason Momoa, Jeremy Irons, Jesse Eisenberg, Joe Morton, Kiersey Clemons, Lisa Loven Kongsli, Michael McElhatton, Ray Fisher, Robin Wright, Samantha Jo
Roteiro: Chris Terrio
Produção: Charles Roven, Deborah Snyder, Geoff Johns, Jon Berg
Duração: 121 min.
EstúdioWarner Bros
 Sinopse: Thor está aprisionado do outro lado do universo sem seu poderoso martelo e precisa correr contra o tempo e para evitar o Ragnarok — a destruição de sua terra natal e o fim da civilização de Asgard pelas mãos de uma nova e poderosa ameaça, a impiedosa Hela. Mas antes ele deve sobreviver a um duelo mortal numa arena de gladiadores onde seu adversário é um antigo aliado e colega Vingador - o Incrível Hulk.

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



DC acerta a mão novamente. Em um evento digno do que havia sido prometido 'Liga da Justiça' é para mim um dos melhores filmes de heróis desse ano. Marvel que aprenda a trazer filmes com mais seriedade e um tom mais obscuro. Se você gostou de 'Mulher Maravilha', então vai amar esse longa.

Após perder o maior símbolo de esperança da Terra, o mundo enfrenta o luto pela ida do Superman, mal sabendo ele que ameaças ainda piores estão chegando em seu planeta. Quando Batman descobre que seu pesadelo está se tornando realidade, ele é obrigado a reunir membros para formar uma super equipe que deve não só suprir o vazio que o homem de aço deixou, mas também salvar a Terra novamente.

Obviamente que deve ser uma imensa novidade eu estar falando tão bem de um filme de heróis produzido pela DC. Para quem acompanha o blog, sabe exatamente minhas frustrações com essa produtora, que geralmente não acerta o drama e apela para cenas e mais cenas de ação. Em 'Liga da Justiça' esse erro não se repetiu, pelo menos não para mim. Após assistir 'Mulher Maravilha', na metade deste ano, criei certa expectativa que o nível do filme fosse ser bom, e ele não me decepcionou. Embora o filme solo da heroína ainda seja a obra prima deles para mim, a junção de seus heróis foi maravilhosamente explorada em um longa que separou muito bem seus núcleos, introduziu personagens interessantes e irreverentes, aprofundou protagonistas já conhecido e ainda utilizou de alívios cômicos mais que bem vindo em uma trama tão densa e cheia de tensão. Logo no inicio do longa você já perceber um crescimento magnifico na narrativa de Zack Snyder. O diretor que me deixou altamente confuso em 'Batman Vs. Superman', acabou realmente amadurecendo e colocando os pingos nos is nessa nova oportunidade. 'Liga da Justiça' teve com certeza aquela cara de começo e de cooperatividade que só as antigas adaptações animadas traziam para o telespectador. Foi sem dúvidas nostálgico.


Gal Gadot rouba a cena novamente, em uma interpretação tão digna e maravilhosa quanto a de 'Mulher Maravilha'. Não tem como roubar a coroa dessa mulher se ela estiver no longa. Nem nomes de peso como Ben Affleck roubam o posto de que ela é a personagem mais interessante do filme inteiro, não só pela boa representação, como também pela intricada história que se mostra cada vez mais. Gadot protagoniza uma das cenas mais épicas desse filme, e valeria a pena assisti-lo só para vê esse momento em especifico.

 

Mas não ignoremos o bom desempenho executado por Erza Miller e Jason Momoa. Desde a divulgação dos trailers, que eles prometiam muito e para mim, cumpriram. O Flash de Miller foi o alivio cômico perfeito para um filme onde os heróis estão à flor da pele a todo instante. Suas piadas não só foram encaixadas no momento certo, como também não pareceram forçadas ou irritantes (tipo 'Thor: Ragnarok').

O único ponto negativo é a mal estruturação do vilão, que não muito diferente de outros longas com super-heróis, não mostrou grande motivação para executar suas ações, ficou apagado boa parte da trama e aparece apenas para executar os combates. E embora esse aspecto em particular não tenha me incomodado, anseio que tal fator possa ser melhor estudado em futuros filmes da franquia.

Com efeitos especias tão bons quanto os longas anteriores, cenas eletrizantes e uma elite de interpretação, 'Liga da Justiça' fixa um lugar de direito para a DC nos cinemas, mostrando que filmes de heróis não precisam ter exagero de humor para ser bom; precisam ser forte e impactantes.


10 comentários:

  1. Eu gostei bastante do filme também. O vilão foi meio que morto bem rápido, mas como ele também não é muito forte nos quadrinhos, da para relevar. Adorei as sacadas para animar os fãs, como a cena clássica de clark abrindo a camisa para se tornar superman.

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, David.
    Eu sou totalmente por fora desse assunto de heróis. Acho os filmes muito chatos. Mas que bom que gostou. Vi bastante resenhas desse filme e as opiniões ficaram divididas. Só no quesito vilões que todo mundo concorda que não é tão bom em todos os filmes hehe

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi, David!
    Migo, eu pulei tua resenha porque quero chegar pura pra esse filme amanhã hahhahaha Eu até agora consegui fugir de todos os comentários sobre esse filme e pretendo continuar assim até a hora da sessão.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  4. Oi
    estou elogiando esse filme bastante, que bom que gostou, falarem que ele é um pouco mais leves que os outros da Dc.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi David, eu acho que a Gal não precisa fazer nada, só aparecer e a gente já se derrete por ela! rsrsrsr E o Flash foi mesmo o alivio cômico e concordo quanto ao vilão, poderia ter sido melhor!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi David!
    Ainda não assisti o filme, mas tbm estava torcendo pra DC acertar o tom, que nem aconteceu em Mulher Maravilha!
    Eu vi o Thor e concordo com vc, pra quê tanta piada forçada? kk
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Aquilo foi ridículo. Eu detestei. Eu sabia que ia ser cômico, mas aquilo ficou sem graça.

      Abraços
      David

      Excluir
  7. Oi David!

    Eu assisti o filme e gostei bastante. Confesso que esperava mais, porém foi um ótimo filme. Também concordo sobre o vilão, poderia ser melhor estruturado. Destaque para o novo Flash que roubou as cenas. Sobre as piadas, foram bem encaixadas e nos momentos certos, sem exagero. Ponto para a DC!

    Beijos

    Vivian

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi!
      Pois é. Ponto mais que merecido. Só não entendo porque diabo a critica detestou tanto o filme, serio mesmo. Teve uns erros, mas no geral, ele me agradou muito.

      Abraços
      David

      Excluir
  8. Ola, eu também amei muito Liga da Justiça, mas depois de assistir algumas outras vezes, concordo com você que o vilão ficou mesmo meio apagado, mas como estou levando em consideração que esse filme é um prólogo para o arco 'Doom' eu relevei.
    Eu amei o modo como a DC soube equilibrar as mudanças que o público pediu sem perder o próprio estilo, isso para mim foi incrivel.
    xoxo

    Planeta 94

    P.S.: Você colocou a sinopse de Thor: Ragnarok ao invés de colocar a sinopse da Liga :v haha

    ResponderExcluir

Expresse-se